Turistas colocam turbante e pintam o corpo na chegada para o Carnaval da Bahia

Receptivo da Bahiatursa no Aeroporto Foto: Sidney Rocharte/Bahiatursa

Receptivo da Bahiatursa no Aeroporto Foto: Sidney Rocharte/Bahiatursa

Uma oficina de turbantes e pinturas tribais para colocar os turistas no clima, um trio de samba cantando hits da folia e baianas distribuindo fitinhas do Senhor do Bonfim. O já tradicional receptivo da Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa) movimentou o Aeroporto Internacional de Salvador na manhã e início da tarde desta sexta-feira de Carnaval.

Turistas procedentes de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, dentre outros estados, além de Brasília, desembarcaram ao som de músicas como Chame Gente, Ê Baiana, We Are Carnaval e sucessos inesquecíveis da axé-music. A alegria tomou conta da área interna de desembarque nacional do aeroporto.

Enquanto alguns se dirigiam às esteiras rolantes do saguão para retirar as bagagens, outros aguardavam para colocar os turbantes e fazer pinturas no corpo em forma de tatuagens tribais.  “Estou com a expectativa de ser o melhor Carnaval da minha vida”, afirmou a funcionária pública carioca Mariana Gontijo.

Ela disse que vai ficar até a Quarta-feira de Cinzas. “Já conhecia a Bahia, mas o no Carnaval é a primeira vez”, acrescentou. O paulista de Presidente Prudente Valmir Faili, lacônico, ao ser perguntado sobre a expectativa, disse: “Todas”. Ele vai brincar na Barra/Ondina em diversos blocos e camarotes

A festa começou ali mesmo para a família de Eulina de Araújo Purgato, também de São Paulo, que estava com o marido, Rui, e a filha, Solange. Colocaram turbantes, dançaram na maior animação. Eulina disse que vem sempre à Bahia. “Adoro a recepção de vocês. Olhe que conheço o Nordeste, mas não tem ninguém com essa animação”.

A gerente financeira de São Paulo Isabella Diniz, que vai ficar até a próxima quinta-feira, também veio esperando horas de muito divertimento na folia baiana. A mineira Viviane Sze não estavam muito animada para o carnaval. Ela foi direto para Costa do Sauipe, mas não descartou a possibilidade de também cair na folia. “Mas eu quero mesmo é descansar”, disse.

Segundo o superintendente Diogo Medrado, a realização de receptivos é uma ação tradicional da Bahiatursa em grandes eventos como o Carnaval e o São João. “A partir do dia 1º, na Quarta-feira de Cinzas, realizamos também no Aeroporto a operação ‘Até Breve’, em despedida, quando os turistas são convidados a voltar para o São João da Bahia”.

O receptivo do Governo da Bahia é realizado pela Coordenação de Informações Turísticas e Atendimento da Diretoria de Operações Turísticas da Bahiatursa. No dia 28, acontece no Porto de Salvador, das 15 às 20 horas, onde aportam os navios Sovereign e MSC Prezioza, com capacidade para mais de sete mil passageiros, procedentes, respectivamente, do Rio de Janeiro e de Santos.

 

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário

Redes Sociais

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-010 (ver mapa) | Tel: +55 71 3116-6814/6863