Show de Daniela Mercury na Parada Gay de São Paulo consolida turismo LGBT na Bahia

 17ª. Parada Gay 2013 - São Paulo. Foto Rita Barreto - Bahiatursa Materia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A presença em São Paulo da cantora Daniela Mercury – que fez show de duas horas e convidou o público da 17ª Parada do Orgulho LGBT para a II Semana de Diversidade e 12ª Parada Gay da Bahia, que acontecem de 1 a 8 de setembro – foi o fechamento de três semanas de ações promovidas pela Secretaria do Turismo, através da Bahiatursa, no sentido de consolidar o turismo LGBT na Bahia.

Na primeira quinzena de maio, a Bahiatursa trouxe a Salvador a presidente da Associação Brasileira de Turismo para Gays, Lésbicas e Simpatizantes (Abrat – GLS), Marta Chiesa, que apresentou alguns números relativos ao movimento LGBT no Brasil e no mundo. O objetivo foi mostrar a representantes do trade turístico e empresários baianos a importância de se posicionarem sobre esse universo, que representa 6% dos consumidores brasileiros e tem um gasto médio quatro vezes maior que o do turista convencional de lazer.

A Bahiatursa também fechou  parceria com a revista Via G, que circula nas principais capitais do país e teve edição especial sobre a Bahia, com tiragem de 30 mil exemplares, lançada no camarote da Prefeitura de São Paulo. E levou algumas operadoras de turismo baianas para que se familiarizassem com o público LGBT – um segmento que cresce, que compra e fideliza aqueles destinos nos quais é bem recebido.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ESPAÇO REQUISITADO – “Se já tínhamos algumas convicções, agora temos certeza absoluta que devemos investir nesse segmento”, afirma Weslen Moreira, diretor de Serviços Turísticos da Bahiatursa. “O espaço mais requisitado foi o camarote da Bahia, com as nossas baianas. As nossas fitas do Senhor do Bonfim foram muito disputadas. A ministra da Cultura, Marta Suplicy, o governador do estado, Geraldo Alckmin, o prefeito da cidade, Fernando Haddad, e o deputado federal Jean Wyllys, além de muitos artistas, estavam lá, prestigiando o nosso trio elétrico”.

“A prefeitura de São Paulo investe R$ 2,7 milhões numa ação que leva para o município o segundo maior contingente de turistas, depois do GP de Formula 1”, disse Weslen. No período, registra-se um incremento de R$ 360 milhões na economia paulistana, segundo Marta Chiesa. “E nesse cenário a Bahia foi o destaque. Na comunidade LGTB de São Paulo o que se falava era da participação de Daniela Mercury na parada gay”, completou Weslen.

No outro dia, os jornais, a mídia, não apenas de São Paulo como do Brasil, destacavam a presença da cantora baiana, que durante todo o percurso, nas duas horas de show, convidou o público (estimado pela Polícia Militar em 1,6 milhão) para a II Semana da Diversidade e 12ª Parada Gay da Bahia, firmando a importância de as pessoas estarem presentes  em Salvador na semana de 1º a 8 de setembro.

CIDADE HOSPITALEIRA – “Nós queremos que a cidade de Salvador mostre o que efetivamente é: uma cidade hospitaleira, que abraça todos, independente da orientação sexual, da opção religiosa, da cor”, diz Weslen, ao destacar que a ação da Bahiatursa está inserida em um contexto maior, que é de formatação de novos produtos turísticos relevantes para o estado, como GP Bahia de Stock Car, realizado em maio, o turismo religioso, com a participação, em julho, na Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro, a realização do São João da Bahia e a qualificação do Carnaval de Salvador.

Em parceria com o Grupo Gay da Bahia, realizador dos eventos, a Bahiatursa pretende se articular com diversas secretarias estaduais, como Cultura, Segurança, Saúde e Trabalho, Renda e Esporte, além da Prefeitura Municipal de Salvador, no sentido de tornar a Parada Gay da Bahia como a segunda maior do país.  Não somente ter a 12ª Prada Gay da Bahia  como um grand finale da II Semana da Diversidade, mas ter  outras ações, além do recorte cultural em si, como seminários abordando temas específicos sobre o segmento, envolvendo o Fórum Baiano LGBT e a Secretaria da Justiça Cidadania e Direitos Humanos.

Deixe seu comentário

Redes Sociais

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-010 (ver mapa) | Tel: +55 71 3116-6814/6863