Secretário discute novo calendário turístico com o trade

Reunião c Secretário S João C Confederações 2013 320O novo calendário de Salvador, que inclui o Espicha Verão, o Salão Baiano de Turismo, a Stock Car e  o São João como novos produtos, foi discutido pelo secretário do Turismo do Estado, Domingos Leonelli, com empresários do trade, que o avaliaram positivamente, ainda que considerem que os eventos podem render mais do ponto de vista do fluxo turístico.

“O governo já fez a sua parte. Agora é preciso que nós façamos a nossa”, disse o gerente do hotel Tullip Inn, Alenaldo Cerqueira,

presente no encontro realizado na manhã de sexta-feira (3), no Centro de Convenções, em Salvador. Foram abordados a Stock Car, o São João, a Copa das Confederações e o Salão Baiano de Turismo.

ECONOMIA – A quinta edição do GP Bahia da Stock Car será realizada no próximo dia 19 de maio, no circuito de rua Ayrton Senna, no Centro Administrativo (CAB). Segundo Leonelli, o evento injeta algo em torno de R$ 20 milhões na economia. “Inauguramos um novo calendário turístico, e a Stock Car, um desses eventos, gera pelo menos três mil vagas temporárias e a atração de cinco mil turistas”, explicou.

De acordo com Sílvio Pessoa, do Sindicato de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares, a cerca de duas semanas do GP Bahia da Stock Car, os hotéis próximos ao circuito, como Sol Bahia, Catussaba e Stela Maris, contam com reservas no patamar de 90% para o período do evento.

Dentre as sugestões do trade para intensificar a venda de pacotes para o próximo ano está a maior aproximação entre empresas baianas, Bahiatursa e Vicar, organizadora da Stock Car, e o incremento da programação do evento, com atrativos culturais que agradem ainda mais ao público.

SÃO JOÃO e COPA – As principais atrações do São João e novidades tecnológicas para a Copa das Confederações também foram anunciadas. Durante a Copa das Confederações, o forró estará garantido no Centro Histórico de Salvador. Os shows serão realizados de 20 a 30 de junho, mas a festa começa no dia de Santo Antônio (13), com o tradicional concurso de quadrilhas na Praça Municipal.

Pelo palco principal, que será montado no Terreiro de Jesus, passarão artistas e bandas de forró consagradas, como Alceu Valença, Gilberto Gil, Targino Gondim, Adelmário Coelho, Estakazero e Zelito Miranda. Os festejos serão realizados pela Bahiatursa em parceria com o Centro de Culturas Populares e Identitárias da Secretaria da Cultura.

Durante a Copa das Confederações, o Sistema Integrado de Informações Turísticas, que já conta com o portal http://bahia.com.br/ e o Disque Bahia Turismo (71 3103-3103), ganhará duas novas ferramentas: o site Bahia Turismo Copa e um aplicativo que leva o mesmo nome. Somam-se a essas ferramentas o receptivo especial dos Guias e Monitores, com experiência de seis anos de atendimento durante o Carnaval.

 SALÂO BEM AVALIADO – Realizada há menos de um mês, a segunda edição do Salão foi discutida por Leonelli, representantes do trade e pela equipe da Bahiatursa. A avaliação geral foi positiva, tendo em vista que o evento se consolida no calendário do turismo baiano e cumpre a função de divulgar o destino Bahia.

“Repetiu-se o sucesso do ano passado e agora recebemos 12 mil visitantes, dentre eles, 70 jornalistas e 300 agentes e operadores de viagem. Em termos de divulgação da Bahia, o Salão foi ótimo e a venda do destino foi muito positiva”, destacou Leonelli.

Para o diretor de Serviços Turísticos da Bahiatursa, Weslen Moreira, o retorno do Salão Baiano de Turismo também foi positivo para os municípios que participaram do evento. “Todas as zonas e todos os produtos turísticos do estado estiveram presentes. Mais de 70 gestores municipais também estiveram aqui reunidos e falaram muito bem. Agora eles buscam maior interação com os empresários do trade para divulgarem e venderem mais os destinos da Bahia, mas, para eles, o Salão cumpriu seu papel”, contou.

Já Luís Henrique Amaral, presidente da seção Bahia da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), sugeriu para a próxima edição um destaque ainda maior para a gastronomia baiana. A ideia é criar um circuito gastronômico nas regiões turísticas do estado dentro do Salão. “Assim vamos legitimar ainda mais a participação das zonas turísticas da Bahia, envolvendo os municípios. Também podemos fazer um concurso gastronômico ligado à produção associada”. Para Amaral, esses seriam diferenciais para atração de um número ainda maior de público para o evento.

Este ano, o Salão contou com 102 estandes comerciais e 32 institucionais. Entre os expositores estão as 13 zonas turísticas do estado, 78 municípios e 20 segmentos turísticos. O Núcleo do Conhecimento realizou 12 palestras, quando 50 convidados debateram temas como Nova Classificação Hoteleira, Inclusão Social e Economia do Turismo na Bahia, Segurança em Megaeventos e Impactos Socioeconômicos no Turismo da Ponte Salvador-Itaparica.

Para mostrar a diversidade cultural da Bahia, 42 grupos artísticos, músicos e peças de teatro apresentaram-se durante os cinco dias do evento. Também configuraram-se como destaques do Salão os seis cicloramas com cenários da Bahia e a maquete.

Deixe seu comentário

Última do Twitter

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-000 (ver mapa) | Tel: 55 71 3116-6814/6863