Rodada de Negócios reúne mais de 80 empresas

A Rodada de Negócios foi um dos destaques do primeiro dia do 3º Salão Baiano de Turismo, quinta-feira, 8/5. O espaço, promovido pela Bahiatursa em parceria com o Sebrae, aproximou 21 operadoras nacionais e 10 locais de mais de 50 empresas de segmentos turísticos do Estado, como hotéis, pousadas, receptivos e restaurantes.

Objetivo do encontro é promover o destino Bahia nos mercados local e nacional. Foto: Tatiana Azeviche

Objetivo do encontro é promover o destino Bahia nos mercados local e nacional. Foto: Tatiana Azeviche

O objetivo do encontro é promover o destino Bahia nos mercados local e nacional, apresentando a diversidade das 13 zonas turísticas baianas. O superintendente do Sebrae, Edival Passos, disse que a maioria das empresas de turismo é de micro e pequeno negócios. “O setor reúne também microempreendedor individual, o que amplia as oportunidades para a oferta de produtos e serviços para as grandes empresas”, acrescentou.

Diretor técnico do Sebrae, Lauro Ramos destacou que a rodada reuniu diversas entidades e empresas ligadas ao turismo, possibilitando que as zonas turísticas apresentem suas potencialidades. O Salão também ajuda na convergência da iniciativa privada e política pública”, explicou.

O gerente de mercado da diretoria de Relações Nacionais da Bahiatursa, Mauro Figueiredo, ressaltou a importância desse espaço para intermediação de negócios.  “Se não fosse a rodada, dificilmente uma operadora nacional teria contato com os ofertantes do interior da Bahia”, explicou. Segundo a analista da unidade de acesso a mercados e serviços financeiros do Sebrae, Mafalda Moura, dos ofertantes presentes na rodada, 36 vieram do interior.

Para ela, essa é uma grande oportunidade que os empresários têm para divulgar seus produtos no mercado. “Esse encontro permite que muitos municípios do interior exponham seus atrativos, gerando visibilidade para a região, sem enfrentar as dificuldades logísticas que esse contato normalmente teria”, destaca Mafalda.

Dono da filial da empresa Venturas e Aventuras na Chapada Diamantina e em Lençóis, Vanderlan de Oliveira acredita que a aproximação com os operadores é imprescindível para os negócios, havendo também a necessidade da visita ao local. “Muitas vezes nós oferecemos um passeio para que o operador conheça de perto os serviços, porque não dá pra transmitir tudo só na mesa de negociação”, comenta.

Para Inácio Pereira da Silva, proprietário do hotel  Paraíso das Águas, no município de Caldas do Jorro, a rodada de negócios abre espaço para que regiões muitas vezes esquecidas mostrem suas potencialidades. “Essa iniciativa é importante para nós, porque é mais uma chance de desenvolver o turismo do sertão. Muitas pessoas acham que só tem turismo na parte litorânea, mas o sertão também tem belezas pouco exploradas”, enfatiza.

Deixe seu comentário

Redes Sociais

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-010 (ver mapa) | Tel: +55 71 3116-6814/6863