Reunião levanta principais demandas do turismo náutico baiano

Encontro resultará em um plano de ação    Foto: Amanda Guedes/ Bahiatursa

Encontro resultará em um plano de ação          Foto: Amanda Guedes/ Bahiatursa

Uma reunião foi realizada na tarde desta quinta-feira (28/05), no Centro de Convenções da Bahia, entre a Bahiatursa e dirigentes de clubes náuticos, marinas e integrantes do trade turístico. O encontro teve o objetivo de discutir a situação do segmento no estado.

Entre os principais pontos discutidos, estão questões de infraestrutura, segurança, captação de eventos nacionais e internacionais, além da valorização dos projetos locais. De acordo com Éverton Fróes, coordenador  de turismo náutico da Bahiatursa, o intuito da reunião é oferecer subsídios para a criação de um plano de ação do turismo náutico.

“Nós queremos conhecer a ótica dos empresários, para fazer um levantamento das principais demandas do segmento”, afirma Fróes. Como resultado, uma carta de intenções do trade turístico será elaborada para, juntamente com a Bahiatursa, transformar essas demandas em políticas públicas.

Segundo o velejador e proprietário de embarcação no Pier Salvador, Eduardo Santiago, as principais carências do segmento são segurança e infraestrutura. “Hoje a gente vive um clima de insegurança muito grande quando sai para velejar, além disso, na maioria das vezes você não tem um lugar para abastecer e para se alimentar”, observa.

 Para ele, a criação de núcleos que dessem esse suporte seria o ideal. “A Baía de Todos-os-Santos é enorme, com muitos lugares bonitos que poderiam ser melhor explorados”, completa. O diretor de Serviços Turísticos da Bahiatursa, Celso Cotrim, explica que a sistematização dos pontos abordados na reunião viabilizará o planejamento de projetos estruturantes a curto e médio prazo.

“Isso será pensado também em parceria com a Secretaria de Turismo e com o Prodetur, que vem para potencializar a Baía de Todos-os-Santos, fazendo com que ela se torne cada vez mais qualificada para esse tipo de turismo”, enfatiza. Um dos objetivos do plano será a promoção e a divulgação dos destinos turísticos nas ilhas e no seu entorno.

Com uma área de 1.052 quilômetros quadrados, a Baía de Todos-os-Santos é a segunda maior baía do mundo e a primeira de clima tropical. Entre os principais eventos esportivos locais estão as regatas Aratu-Maragogipe, da Primavera, Aratu-Salinas, João das Botas, Marcílio Dias e 24 Horas,  além do Campeonato Baiano de Vela e a Travessia Mar Grande-Salvador.

Deixe seu comentário

Redes Sociais

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-010 (ver mapa) | Tel: +55 71 3116-6814/6863