Repercussão da Brasil Ride supera expectativas

Final do evento internacional de mountain bike que levou mais de 400 competidores de 20 países do mundo à Chapada

Final do evento que levou mais de 400 competidores de 20 países  à Chapada  Foto: Rita Barreto/Bahiatursa

Bermuda de ciclista, camiseta e boné. Este foi o traje oficial na Chapada Diamantina, na Bahia, durante toda a semana, quando aconteceu na região a Brasil Ride, evento internacional de mountain bike que levou mais de 400 competidores de 20 países  a desbravar as trilhas da região.

O evento, apoiado pela Bahiatursa, foi encerrado neste sábado (26), em Mucugê, com uma cerimônia de premiação que contou com a presença do governador Jaques Wagner, do secretário do Turismo do Estado, Domingos Leonelli, da prefeita de Mucugê, Ana Olímpia Medrado, entre outras autoridades.

“Um evento desta magnitude é uma oportunidade para movimentar a economia da região, incrementando o movimento em hotéis, pousadas, restaurantes, estabelecimentos comerciais. Resultados excelentes já foram observados em diversos eventos apoiados pela Bahiatursa na Chapada Diamantina, como o Festival de Lençóis, o Festival Vozes da Chapada, o Festival de Jazz do Capão”, avaliou o secretário Leonelli.

Somente em Mucugê, um dos principais municípios que sediaram a competição, o   movimento nos hotéis, pousadas, restaurantes  e lojas de produtos típicos superou as melhores expectativas da prefeitura. “Tivemos 100% de ocupação nos hotéis e pousadas, sem falar nas mais de 50 casas que foram alugadas e inúmeras famílias que cederam um espaço em suas casas para abrigar pessoas de todas as partes do mundo. Sem o apoio dos parceiros do governo, como a Setre e a Bahiatursa, não teríamos condição de realizar um evento tão grandioso como este”, pontuou a prefeita de Mucugê, Ana Olímpia Medrado.

Desbravando trilhas: o ecoturismo e o turismo de aventura em alta na Chapada Diamantina

Desbravando trilhas: o ecoturismo e o turismo de aventura em alta na Chapada Diamantina

“Este movimento é maravilhoso, pois trata-se de um evento que tornou a cidade de Mucugê mundialmente conhecida com este esporte. Fico orgulhosa quando escuto os atletas falando tão bem de nossa região. O povo de Mucugê é muito receptivo e trata os visitantes com muito carinho e respeito”, comentou a prefeita.

Para Weslen Moreira, diretor de Serviços Turísticos da Bahiatursa, a Brasil Ride é de extrema importância para os 14 municípios pelos quais a maratona passou durante a semana. “É um evento que dá visibilidade para aquilo que achamos um dos grandes potenciais da Chapada, que é o turismo de aventura, e para os municípios da região. Não apenas Mucugê, mas Lençóis e Rio de Contas, dentre outros. Além disso, garante a ocupação, leva recursos e movimenta a economia local”.

INCREMENTO NAS VENDAS –  Um dos restaurantes de comida caseira mais conhecidos da região, o restaurante de Dona Nena, aumentou exponencialmente as vendas de almoço durantes os dias de competição. “Durante uma semana normal nós vendemos uma média de 35 pratos por dia, mas nesta semana nossa média é de 300 refeições por dia”, revela Elvira Luz, filha de dona Nena.

“Contratamos cinco pessoas a mais só pra ajudar a dar conta do serviço neste período. Só tivemos um movimento como este no festival de corais Vozes da Chapada ou em ocasiões como São João, Semana Santa, Carnaval e férias escolares”, analisou.

Entre os atletas, aspectos como a paisagem deslumbrante da Chapada Diamantina  e a hospitalidade baiana se destacaram durante a competição. “É uma proposta espetacular, pois a região é muito propícia para o mountain bike e o acolhimento da população local foi espetacular. As pessoas  vibravam muito durante nossa passagem pelas casas, as pessoas se emocionavam com os atletas”, conta  Márcio May, ciclista olímpico que hoje migrou para a nova modalidade.

“Gostei muito do evento, a região é maravilhosa, a comida é excelente e a hospitalidade do baiano também”, afirmou o ciclista William Max Muller, de Blumenau (SC), que gostou tanto de sua passagem pela Chapada Diamantina que já fez planos para a próxima edição da Brasil Ride. “Vou trazer minha esposa também, pois vi muitos ciclistas que trouxeram a família”, afirma.

BRASIL RIDE – Com o slogan “Mais do que uma competição, uma etapa em sua vida”, o Brasil Ride contou com 200 equipes e 400 atletas, reunindo alguns dos melhores ciclistas do mundo. Participaram da prova profissionais de 24 estados brasileiros e de 20 países.

Nesta edição da competição, que é considerada a mais importante de ciclismo das Américas, 70% do percurso foi formado por trilhas novas. A competição aconteceu pela quarta vez na Chapada Diamantina e vem atraindo campeões olímpicos, amadores e admiradores do esporte, sendo um momento oportuno para levar o nome do município para o mundo.

Entre as atividades paralelas, os organizadores do evento realizaram ações sociais, como palestras abertas ao público, passeios ciclísticos e Tour Gastronômico, com o objetivo de provocar a interação entre os atletas e a comunidade.

A Brasil Ride é uma prova que permite aos participantes o contato direto com a natureza e um passeio pelas paisagens naturais das trilhas da região. Durante os dias da competição, os ciclistas percorreram mais de 500 quilômetros de percurso com 12.240 metros de subidas acumuladas.

Segundo o diretor da prova, Andre Piva, o apoio da Bahiatursa é de fundamental importância, pois promove o sucesso do evento contribuindo para a interação do esporte e da natureza. “A Chapada Diamantina foi escolhida por ser um local propício à prática de esportes radicais, além de incentivar o turismo da região”.

Deixe seu comentário

Redes Sociais

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-010 (ver mapa) | Tel: +55 71 3116-6814/6863