Parada Gay leva música e alegria ao centro da cidade

9705002600_9d50a2efea_z

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Um dia para abraçar as diferenças. Um dia para celebrar a diversidade.  Um dia para dizer não ao preconceito. Assim foi o domingo (8/9) em Salvador, com a 12ª Parada Gay de Salvador, que, este ano, trouxe o tema Somos milhões: estamos em todos os lugares.

O Campo Grande foi o local para o início da festa, que encheu de música, cor e alegria o centro da cidade. Apresentação de shows transformistas, bandas musicais, desfile de trios elétricos e música eletrônica fizeram parte da programação. O evento, organizado pelo Grupo Gay da Bahia (GGB), teve apoio da Secretaria do Turismo da Bahia (Setur) e Bahiatursa.

Uma coletiva de imprensa, organizada pelo GGB, no Foyer do Teatro Castro Alves (TCA), antecedeu o desfile dos trios,  reunindo, entre outros, secretários estaduais e municipais e a madrinha da festa, a cantora Daniela Mercury.

APOIO DO GOVERNO – O presidente do GGB, Marcelo Cerqueira, destacou a importância do apoio do governo do estado na realização do evento, por meio da Diretoria de Serviços Turísticos da Bahiatursa, e explicou a escolha do tema este ano. “Queremos que a sociedade abra os olhos e veja a diversidade LGBT no seu entorno”, destacou.

Presente à coletiva, o secretário de Cultura do Estado da Bahia, Albino Rubim, destacou que a secretaria contribuiu com 12 atrações culturais no evento, entre o palco, no Campo Grande,  no circuito principal da festa (nos trios) e no Pelourinho. “É muito forte a relação da cultura com a Semana da Diversidade e a Parada, porque a mudança de valores, para se ter menos discriminação e preconceito, passa por uma mudança cultural, e a secretaria vem trabalhando o ano todo, apoiando trabalhos artísticos  da cultura LGBT”, disse.

QUALIFICAÇÃO - O diretor de Serviços Turísticos da Bahiatursa, Weslen Moreira, destacou o sucesso da II Semana da Diversidade, com todas as atividades, que envolveu seminários, festival de cinema, feira da diversidade, iniciada na segunda-feira (2) . “Hoje é o grande coroamento, com a 12ª Parada Gay”, que tem dois grandes diferenciais: a qualidade  musical e o Pelourinho está preparado, com uma boa programação,  para receber o público após a parada. De fato,  a Semana da Diversidade vem se consolidando e é uma realidade hoje”, pontuou.

“Ficamos muito felizes em ver que a Secretaria do Turismo da Bahia e a Bahiatursa contribuíram de forma decisiva para a consolidação da Semana de Diversidade como novo produto turístico para a Bahia, na sua segunda edição com uma programação mais ampla, que envolveu também atividade de qualificação para profissionais da área de turismo e Polícia Militar”, salientou a superintendente de  Serviços Turísticos da Setur, Cássia Magalhães.

A qualificação teve como objetivo preparar os profissionais de turismo para bem-receber o público LGBT e, com a exposição de temas como receptivo turístico, turismo LGBT e identidade de gênero e orientação sexual, reforçar a imagem da Bahia como destino gay-friendly.

PALCO DA DIVERSIDADE – Paralelamente ao desfile dos trios elétricos na 12 ª Parada Gay, como parte da programação do evento, o Palco da Diversidade, armado no Campo Grande, dividiu as atenções da pessoas presentes,  independentemente da orientação sexual, com shows de artistas transformistas e bandas musicais.

Tanusha Taylor entrou no palco envolta em uma capa preta e, ao som da música Como uma Deusa, arrancou aplausos do público ao retirar a capa e revelar um maiô prateado e muita performance na apresentação. Entre as atrações, se apresentaram Nathalya Striker e Scarleth Sangalo, que fizeram o público dançar junto.

A professora Adriana Soares, acompanhada da cunhada, aprovou a festa. “Está tudo muito tranquilo. Cada um deve viver do jeito que gosta. O que tem que existir é respeito à diversidade”, destacou.

Em Salvador desde sexta-feira, a turista carioca Priscila Ferreira, que trabalha com importação, disse que veio à cidade para a parada. “É o quinto ano que venho para o evento. Gosto muito da forma como é organizado, a gente vê famílias inteiras participando da festa, é muito bom”, salientou a turista que volta para o Rio de Janeiro na segunda-feira (9-9).  Roberto Carvalho, também do Rio de Janeiro, revelou que vem à parada em Salvador há cerca de  dez anos. “Já participei em outros estados, mas aqui é mais animada, mais organizada, as pessoas vêm para se divertir”, destacou.

 

Deixe seu comentário

Última do Twitter

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-000 (ver mapa) | Tel: 55 71 3116-6814/6863