Noite de muita animação com Magníficos, Bicho de Pé e Bando Virado no Mói de Coentro no São João da Bahia

A banda Magníficos levou multidão ao Terreiro de Jesus Foto: Rita Barreto/ Bahiatursa

A banda Magníficos levou multidão ao Terreiro de Jesus, na segunda-feira à noite Foto: Rita Barreto/ Bahiatursa

A torcida que compareceu em massa ao Pelourinho, na segunda-feira (23), assistiu ao jogo do Brasil contra a Seleção de Camarões em perfeito clima de paz e alegria. Mas foi só o início de uma noite de muita animação com as bandas e cantores que se apresentaram no palco principal, no Terreiro de Jesus, e nos largos e praças do Centro Histórico, no São João da Bahia, realizado pela Secretaria do Turismo e Bahiatursa.

Banda mais aguardada da noite, a Magníficos subiu ao palco do Terreiro de Jesus às 20h e arrepiou o público com canções que fizeram sucessos na década de 90, como Cristal Quebrado, Me Usa, Verdadeiro Amor, É Chamego ou Chaveco e Carta Branca, dentre outros. Com mais de 30 anos de história, o grupo trouxe uma legião de fãs apaixonados pelo “forró das antigas”.

A cantora Walkyria Santos falou da expectativa de se apresentar no São João da Bahia. “São as melhores possíveis e estar no Pelourinho é uma honra. Não é para qualquer um”. Com figurino bem produzido, ela, Sâmya Maia e Juarez Júnior arrancavam suspiros e aplausos da plateia a cada sucesso cantando. Em meio à multidão, os fãs tiravam fotos, choravam e cantavam em coro as músicas.

BICHO DE PÉ - Ao som de Baião, de Luiz Gonzaga, a banda paulista Bicho de Pé, que participa do programa SuperStar, da Rede Globo, levou ao Centro Histórico de Salvador um ritmo animado. A banda fez uma homenagem a Dominguinhos, que morreu no ano passado, cantado as músicas Eu Só Quero Um Xodó e Gostoso Demais.

Pela terceira vez no São João da Bahia, a banda tem mais de 15 anos de história, três CDs e dois DVDs gravados, a partir de 2001. A vocalista Janaína Pereira revelou que agora a sensação de tocar na capital baiana é diferente. “É sempre uma delícia tocar no Pelourinho, mas, dessa vez, tem um plus, porque o público conhece mais a gente por causa da participação no programa”.

VIRADO NO MÓI - Quem fechou a noite, no palco principal, foi o Bando Virado no Mói de Coentro. Liderada por Capitão Corisco, fez show especial em homenagem à Bahia. No repertório, canções como Assim Pintou Moçambique, de Moraes Moreira, e É Tão Bom, de Luís Caldas, ganharam ritmo de baião. As músicas integram o novo CD do bando, Forró de Pife.

Capitão Corisco falou da sensação de se apresentar mais uma vez no São João da Bahia. “É sempre muito bom, porque é uma das festas mais importantes e que a cada ano consegue trazer o que há de mais interessante na música nordestina”.

Banda Sarakura lota Tereza Batista

A praça Tereza Batista recebeu a Banda Sarakura, que iniciou a apresentação levando o público a dançar o forró pé de serra. Quem estava acompanhado se livrou da timidez e logo começou a dançar, mas alguns também arriscaram dançar sozinhos, sem sair do lugar.

Ao emplacar Asa Branca, um dos sucessos do cantor Luiz Gonzaga, a banda  fez com que a praça, já cheia, ficasse lotada, levando o povo ao delírio. Cantando também grandes sucessos da música popular brasileira, a Sarakura embalou muitos casais com seu ritmo pé de serra e botou todo mundo para curtir sem esboçar cansaço algum.

Para baixar fotos acesse: https://www.flickr.com/photos/turismobahia

 

 

Deixe seu comentário

Redes Sociais

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-010 (ver mapa) | Tel: +55 71 3116-6814/6863