Moto Energia reúne cinco mil motociclistas em Paulo Afonso

O secretário de Turismo da Bahia, Domingos Leonelli, durante a visita a Paulo Afonso, esteve no Centro de Cultura Lindinalva Cabral, que recebeu, neste final de semana, a 13ª edição da Moto Energia. O evento reúne cerca de cinco mil motociclistas de todo o país, que viajam pelas estradas brasileiras no intuito de rever amigos e confraternizar com membros motoclubes. A Moto Energia figura, ao lado do Prado Moto Rock (também realizado na Bahia), como um dos principais encontros de motociclistas do Nordeste.

Além de shows de oito bandas da Bahia e Pernambuco, o encontro também conta com ampla comercialização de suvenires e itens ligados ao cotidiano dos motociclistas – desde acessórios, como botas e jaquetas de couro, a peças e motos. Os itens são expostos como em uma verdadeira feira, com grande movimentação e clima descontraído. Restaurantes também são montados na área do centro de cultura para oferecer uma infraestrutura ainda mais completa para os participantes do encontro.

De acordo com Klewton Ferraz, presidente do motoclube Cavalo Doido, responsável pela promoção da Moto Energia, o encontro de motociclistas leva a rede hoteleira de Paulo Afonso à lotação. “Muitos visitantes chegam a alugar casas ou ficar em camping. Outros precisam procurar estadia em outras cidades como Glória (Bahia) e Delmiro Gouveia (Alagoas). Em termos de negócios, somente dentro da Moto Energia, o montante é de mais de R$ 3 milhões, já que temos aqui vários produtos sendo vendidos, inclusive motos avaliadas em até R$ 60 mil”.

Já o vice-presicente do motoclube Cavalo Doido, Dernival Oliveira Júnior, estima a geração de divisas para o turismo. “Estimamos que cada visitante gaste pelo menos R$ 700 durante a estada em Paulo Afonso. Contando os dois dias do evento (sexta e sábado) e o volume de cinco mil visitantes, a injeção é de mais de R$ 3,5 milhões na economia do município em apenas um final de semana, em gastos como hospedagem e alimentação”.

Para o secretário Domingos Leonelli, atualmente, o motociclismo é uma das atividades turísticas que têm ganhado destaque. “Eventos como este são de grande custo-benefício, além de estimularem a visitação turística. Também é muito forte o caráter de turismo solidário, já que não há competição e quando há necessidade, todos se ajudam, como o que se vê nas estradas, por exemplo”, comentou.

Potencial e calendário turístico – O pernambucano Roberto Maia foi um dos cinco mil motociclistas que visitaram Paulo Afonso neste final de semana. Maia destacou o potencial turístico da cidade como um dos fatores de sucesso do evento. “Não sei se é a água do rio, mas muita gente não abre mão de vir para cá. Você pode ver que durante o dia o povo está passeando e de noite vem todo mundo para cá. Além do encontro, Paulo Afonso tem atrativos a mais e é por isso que o evento estoura”, disse o visitante, que é editor da revista Motoclubes.

O prefeito Anilton Bastos sugeriu a Leonelli a inclusão da Moto Energia no calendário turístico da Bahia. “É bom ver o potencial do evento, pois já vamos pleitear a inclusão da Moto Energia no calendário turístico da Bahia a partir de 2014, assim como já temos consolidados a Copavela e o São João, além de outras ações de turismo que desenvolvemos em parceria com a Chesf”.

Base de apoio para turistas que procuram passeios guiados, o Núcleo de Atendimento ao Turista, órgão da Secretaria Municipal de Turismo de Paulo Afonso, teve movimento intenso no final de semana da Moto Energia. Somente no sábado, dia de maior fluxo de visitantes, o núcleo reservou passeios turísticos para cerca de 600 visitantes, que foram visitar o complexo da Chesf e navegar os cânions do Rio São Francisco a bordo de catamarã.

 

 

Deixe seu comentário

Redes Sociais

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-010 (ver mapa) | Tel: +55 71 3116-6814/6863