Ministério Público faz visita técnica às obras de Requalificação da Feira de São Joaquim 19/02/2013

Ministério Público faz visita técnica às obras de Requalificação da Feira de São JoaquimRepresentantes do Ministério Público da Bahia (MP), da Secretaria de Turismo do Estado (Setur) e Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) fizeram uma visita técnica às obras de requalificação da Feira de São Joaquim na tarde desta terça-feira (19). O encontro, que foi requisitado pelo Ministério Público, contou com uma reunião seguida de visita para acompanhar o andamento da revitalização da maior feira do Estado.

Durante o encontro, o promotor de justiça do Ministério Público, Roberto Borges, ressaltou o objetivo da visita. “Esse momento é necessário para que saibamos como está o andamento das obras, saber a situação dos feirantes e também para fazer um relatório de tudo o que está acontecendo”, comentou.

Ministério Público faz visita técnica às obras de Requalificação da Feira de São JoaquimA requalificação da Feira de São Joaquim está na terceira etapa de obras, que inclui serviços de infraestrutura, como drenagem, rede de abastecimento de água, esgotamento sanitário, energia elétrica, implantação de sistema de gás encanado, além de pavimentação e construção dos boxes, incluindo as áreas destinadas à comercialização de animais vivos e frutos do mar. A primeira etapa foi a reforma do Galpão Água de Meninos e a construção do Pátio dos Grossistas e a segunda previa obras na área da enseada da feira, já em fase de conclusão.

A superintendente de Serviços Turísticos da Setur, Cássia Magalhães, explicou como está sendo feito o Programa de Qualificação Profissional e Empresarial com os feirantes junto ao Sebrae, que vai qualificar 3,3 mil trabalhadores. “No projeto estão inclusos itens como qualidade de atendimento, manipulação de alimentos, cardápio e consultoria de gestão. Somente de agosto a dezembro de 2012, qualificamos 231 feirantes”, explicou Cássia Magalhães.

De acordo com o superintendente de Desenvolvimento Urbanístico da Conder, Antônio Brito, a visita do Ministério Público é necessária para a execução do trabalho. “É de fundamental importância essa participação do MP para que possamos desempenhar o nosso trabalho dentro das expectativas”, disse.

Deixe seu comentário

Última do Twitter

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-000 (ver mapa) | Tel: 55 71 3116-6814/6863