Marcos Frota visita estande da Bahiatursa na ExpoCatólica e diz que está produzindo filme sobre Irmã Dulce

Marcos Frota

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Devoto de Nossa Senhora das Graças, o ator Marcos Frota visitou o estande da Setur e  Bahiatursa na ExpoCatólica e revelou que está produzindo um filme sobre Irmã Dulce, cujas gravações começam em setembro. O artista aproveitou para tirar fotos no ciclorama com as baianas tipicamente caracterizadas, em frente ao painel que retrata a Igreja do Bonfim.

Ele disse que não pode entrar em detalhes sobre a produção, porque está em fase de captação de recursos e os contratos ainda não foram todos assinados, mas o filme será uma cinebiografia da Santa Dulce dos Pobres, a freira baiana que morreu em 1992, aos 77 anos de idade, foi beatificada em maio de 2011 e atualmente está em processo de canonização.

Fervoroso defensor da fé católioca, Frota, que ganhou notoriedade ao interpretar Tonho da Lua na segunda versão da novela Mulheres de Areia, estava com um crucifixo no pescoço, além de duas correntes com as imagens de Nossa Senhora das Graças e Irmã Dulce.

Ator de televisão pelo menos desde Escrava Isaura, de 1976, Marcos Frota participou de Nina, Carga Pesada, Malu Mulher, Paraíso Tropical, Malhação, América, O Sexo dos Anjos, Hilda Furacão e Ti Ti Ti. É reconhecida a sua dedicação ao circo, mantendo uma companhia há vários anos em que atua como trapezista.

Santuário de Irmã Dulce na Expocatólica

Com um acervo de mais de nove mil peças que ajudam a preservar e manter vivos os ideais de Irmã Dulce, o núcleo de memória das Obras Sociais Irmã Dulce – OSID  é um dos templos que estão sendo divulgados no estande da Setur e da Bahiatursa  durante a Expocatólica 2013.

O Santuário da Bem-aventurada Dulce dos Pobres está em funcionamento desde 2003 e guarda, no Memorial, peças como o hábito usado por Irmã Dulce, fotografias, documentos e objetos pessoais.  Por isso, não pode ficar de fora do roteiro dos turistas que visitam Salvador interessados no grande legado religioso da capital baiana.

Logo após sua morte, em 1992, a freira foi sepultada na Basílica da Conceição da Praia. Em 2000, com o início do processo de beatificação, seus restos mortais foram transferidos para a Capela do Convento Santo Antônio (na sede das Obras Sociais Irmã Dulce).

Muitos devotos e fiéis baianos, além de turistas de outros estados e do exterior, visitam as Obras Sociais Irmã Dulce durante todo o ano e saem maravilhados com a exposição permanente do legado de amor e caridade da freira.

Além do hábito usado por Irmã Dulce, fotografias, documentos, livros, diplomas, medalhas, dentre outros objetos pessoais, os visitantes podem conhecer o quarto onde está uma cadeira na qual ela dormiu por mais de 30 anos por conta de uma promessa.

O santuário está localizado ao lado da sede da OSID, no Largo de Roma, em frente à Praça Irmã Dulce, e tem capacidade para mais de 1.000 pessoas sentadas. A igreja começou a ser erguida em 2002 com a Campanha do Tijolo, no local onde, na década de 40 do século passado, Irmã Dulce construiu o Círculo Operário da Bahia e o Cine Roma.

Dados da Osid apontam que a Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Mãe de Deus recebeu, em 2012, cerca de 90 mil visitantes. Somente no primeiro trimestre de 2013, mais de 26 mil pessoas foram ao local.

Deixe seu comentário

Redes Sociais

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-010 (ver mapa) | Tel: +55 71 3116-6814/6863