Homenagem a Dorival Caymmi é destaque no penúltimo dia da Flica

O cantor e compositor será homenageado por Armandinho em show  à noite

O cantor e compositor Dorival Caymmi será homenageado por Armandinho em show à noite

Show de Armandinho em homenagem ao cantor e compositor baiano Dorival Caymmi, às 22h, é um dos destaques do penúltimo dia da Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica), neste sábado (26). A programação, que segue até domingo (27), no Conjunto do Carmo, reserva ainda quatro mesas-redondas, entre 10h e 20h, e apresentação das peçasAlvoroço e Alvorocinho, para o público mirim. O evento, que conta com o apoio da Bahiatursa, tem entrada franca.

O sociólogo Demétrio Magnoli e a historiadora Maria Hilda Baqueiro Paraíso comandam a primeira mesa-redonda do dia, a ser realizada às 10h, com a temática Donos da Terra? – Os Neoíndios, Velhos Bons Selvagens.  No encontro, serão debatidos os conflitos que reaparecem no século XXI entre os tupis e agricultores, passando pelas chamadas “nações indígenas” pós-modernas. O encontro será mediado pelo professor Jorge Portugal.

Logo depois, o público confere um show de humor, às 13h30, com a apresentação da peça de teatro Alvoroço. Irreverente, o espetáculo é composto por interferências musicais e interatividade. O roteiro conta as problemáticas sociais de forma caricata e inusitada, garantindo à plateia boas risadas.

O saudosismo entra em pauta na mesa nove, às 14h, com o poeta Joca Reiners e o jornalista Tom Correia.  Perspectivas das memórias distorcidas, banalidades e isolamentos longos serão apontados na conversa, que abrangerá o tema A Velocidade da Contemplação Moderna. A mediação será feita pelo ator baiano Jackson Costa.

Com a presença da escritora chilena radicada no Brasil, Carola Saavedra, e a autora Leticia Wierzchowski, a mesa dez, a ser realizada, às 17h, propõe uma reflexão sobre as desolações e emoções que envolvem a temática Afetos e Ausências.

Propondo um discurso amoroso entre os convidados e o público, a mesa 11, a última do dia, discute As Imposições do Amor ao Indivíduo, às 20h. O sociólogo francês Jean-Claude Kaufmann e o filósofo Luiz Felipe Pondé conversam sobre estigmas que envolvem esse sentimento na modernidade, como a civilização do amor compulsório, imposições do politicamente correto, populismo, dentre outros. Os dois encontros serão mediados pelo professor Rosel Soares.

Para encerrar a noite em grande estilo, o guitarrista Amandinho homenageia o cantor e compositor baiano Dorival Caymmi, às 22h, com o show intitulado Bandolim e Guitarra Baiana mais Homenagem a Dorival Caymmi, mesmo show realizado pelo artista em Montreux, neste mês. A apresentação contará com a participação do violinista Mario Ulloa.

O público confere ainda o último dia da Varanda do Sesi, com o programa Sala de Som Sesi, no Museu do Iphan, na Praça da Aclamação, sob o comando do músico Alexandre Leão. O ritmo da noite será o samba e contará com a presença da Orquestra de Pandeiros de Itapuã e do Samba de Roda de Dona Dalva de Cachoeira. Na entrada do espaço, a exposição Cachoeira: Memórias, que mostra momentos e lugares importantes da cidade, com 40 fotografias, tem a curadoria do museólogo Jomar Lima.

Fliquinha - O espaço dedicado ao público mirim despede-se da Flica, neste sábado (26), com uma programação especial. O Menino que a Caipora Carregou é a história que será contada para a criançada, às 9h30, pela griô Cássia Vale.

Mais tarde, os pequenos participam de um bate-papo com o designer e ilustrador Enéas Guerra, às 11h. Durante a tarde, às 14h, a griô Cássia Vale conta a história Vovó do Mangue & Vovó do Mato. A pesquisadora e professora de ilustração Ciça Fittipaldi conversa com o público mirim, às 15h.  A programação infantil se encerra às 17h, com a apresentação de teatro Alvorocinho, que conta situações cômicas da atualidade, durante as quais o público mirim pode interagir com os atores.

Viva Saveiro - Quem estiver acompanhando as atividades da Flica neste sábado (26) poderá acompanhar o pré-lançamento do livro Viva Saveiro, das 18h às 20h, no Pouso da Palavra, na Praça da Aclamação. A iniciativa da Associação Viva Saveiro terá ainda o lançamento do novo selo dos Correios, que homenageia os saveiros da Bahia. Sombra da Lua e Mensageiro do Destino, os dois saveiros que chegaram a Cachoeira na noite de quinta-feira (25), ficarão ancorados durante a atividade no sábado.

Deixe seu comentário

Última do Twitter

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-000 (ver mapa) | Tel: 55 71 3116-6814/6863