Grupos de fantour aprovam potencial de Ilhéus

Operadores e agentes de viagem visitaram a Costa do Cacau pelo projeto “Viaje por um Mundo Chamado Bahia”

Os operadores de turismo e agentes de viagens aprovaram o projeto na Costa do Cacau

O projeto foi promovido com o objetivo de incrementar o desenvolvimento do mercado turístico regional

Após quatro dias conhecendo mais sobre a Costa do Cacau, visitando os principais atrativos turísticos da região e com novas oportunidades de negócios, operadores de turismo e agentes de viagens aprovaram o projeto “Viaje por Um Mundo Chamado Bahia”.

O projeto, em formato de fantour, foi promovido pela Setur/Bahiatursa com o objetivo de incrementar o crescimento e o desenvolvimento do mercado turístico regional, e contou com o apoio da Prefeitura de Ilhéus, Associação de Empresas de Turismo de Ilhéus, do Sindetur, do Sebrae e do Convention Bureau de Ilhéus.

Na avaliação do presidente do Sindetur, Luiz Augusto Leão Costa, o fantour promovido pela Bahiatursa serviu para mostrar a diversidade no destino Ilhéus. “Não só na sua cidade, como em seu entorno, mostrando para muitos que não conheciam e os que já conheciam as novidades da região. Possibilitando a criação de novos produtos, a exemplo da estrada do cacau, conhecendo novos empreendimentos, a revitalização do Bataclã, a gastronomia da região como ponto forte”.

Luiz Augusto analisou que a qualidade dos hotéis, pousadas e restaurantes de Ilhéus e o acolhimento das pessoas faz com que o destino possa despertar não só na forma comercial, mas também no público final, uma grande oportunidade de curtir o destino com conforto e qualidade. “Que a exemplo dessa ação pública e privada capitaneada pela Bahiatursa possa ter novos desdobramentos para outras regiões”, ressaltou.

Para o presidente da Lilás Turismo, Jean Paul, “o fantour foi extremamente produtivo e gratificante porque nos deu uma visão real do que é a Costa do Cacau, com estrutura que nos surpreendeu, e uma grande gama de possibilidades para realizar novos negócios. Foi muito produtivo na medida em que encontramos pessoas capazes de decidir sobre o destino, que nos mostraram as possibilidades promissoras do novo destino”, relatou.

O presidente da BTA Turismo, Carlos Maurílio Martins de Oliveira, avalia que o fantour foi de grande importância por apresentar um destino tão rico quanto Ilhéus. “Aqui temos belas praias, história, e também a importância das obras de Jorge Amado. A BTA é uma empresa exclusiva de trabalhar com o mercado português, onde o povo tem grande admiração pelas obras do Jorge Amado. Isso vem fortalecer a ideia de trabalhar o destino Ilhéus, criando uma rota combinado com Salvador/Ilhéus, onde o turista poderá ficar hospedado em Ilhéus e visitar Itacaré”, ressalva.

A secretaria executiva do Convention Bureau, Marcia Freitas, acredita que o fantour sempre tem um resultado bem positivo para o turismo em Ilhéus. “Mostramos os hotéis para que eles conheçam melhor e assim possam divulgar lá fora e dentro da Bahia. Explicamos para os participantes do fantour um pouco sobre os hotéis, os apartamentos, os serviços para os hóspedes, enfim, tudo para melhor atender ao turista. Os passeios são realizados também no entorno, para que possam ter uma visão geral do que temos a oferecer”, explicou.

Durante todos os dias do fantour vários atrativos turísticos foram mostrados. O que Ilhéus tem de melhor para que agentes e operadores conhecessem bem o destino a ser vendido. Uma das atrações é a estrada do cacau.

Para a agente de viagem de Lençóis Vanessa, a realização do fantour em Ilhéus é uma proposta muito interessante para conhecer bem o destino e assim vendê-lo melhor. “Com o fantour, temos a oportunidade de conhecer in loco o que o visitante irá vivenciar, como alguns atrativos da cidade, dentre eles o Centro Histórico e a Casa de Arte da Bahia, e alguns hotéis, a exemplo do La Dolce Vita, Tororomba, Hotel de Ilhéus, Ecovillage Indaiá, Fazenda Riachuelo, Convento da Piedade, para assim podermos indicar o que mais combina com cada cliente.”

O Presidente do Convention Bureau de Ilhéus, Luigi Massa, reuniu, no Hotel La Dolce Vita, empresários, agentes e operadores de Viagem, e falou sobre a importância desse novo produto a ser formatado, “a Estrada do Cacau”, com seus 30 km, sobre o conjunto arquitetônico das fazendas da região, e a importância desse fantour para que houvesse uma troca de compra e venda. “Acreditamos na vocação turística que a região tem”, afirmou.

Deixe seu comentário

Última do Twitter

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-000 (ver mapa) | Tel: 55 71 3116-6814/6863