Governo mantém São João, mas fará economia com a festa

O governo estadual, por meio da Secretaria do Turismo e da Bahiatursa, informou nesta quarta-feira (30), que a estrutura dos festejos juninos organizados pelos dois órgãos será reduzida este ano. O comunicado foi feito pelo secretário Domingos Leonelli durante reunião com representantes da classe artística e empresários do setor de forró, que apoiaram a iniciativa.

Os ajustes foram feitos em virtude da seca que tem castigado os municípios do semiárido e também do calendário que, este ano, coincidiu com a realização dos festejos juninos em um final de semana.

Com a redução, serão contratadas 60 atrações – todas baianas – para os quatro dias de festa no Pelourinho. Ano passado, foram seis dias de festa com 204 atrações, entre quadrilhas juninas, artistas e grupos musicais. Além disso, os artistas concordaram em manter os mesmos cachês que foram pagos no ano passado.

“O São João da Bahia tornou-se, nos últimos cinco anos, um produto turístico, fazendo que apenas uma das principais operadoras que comercializam os destinos do Estado saísse de 12 mil pacotes vendidos em 2008, no início do projeto, para 35 mil no ano passado. Sendo assim, não cancelamos a operação para não interrompermos um trabalho iniciado há cinco anos, mas tivemos que reduzir as dimensões do evento”, disse o secretário.

Os mesmos critérios para a redução dos festejos serão adotados em Ilhéus e Porto Seguro, municípios que integram o Projeto São João da Bahia e também para os municípios que receberão apoio financeiro da Bahiatursa.

Artistas apoiam decisão do governo

Presentes na reunião convocada pela Setur, os principais artistas que fazem parte da programação oficial do São João da Bahia manifestaram apoio à decisão do governo. Os cantores Carlos Pitta, Zelito Miranda e Val Macambira disseram que é um gesto importante do governo, que, apesar de reduzir os dias de festa, manteve o evento, que tem uma importância estratégica para o comércio de Salvador e diversos municípios.

Também participaram da reunião os empresários ligados ao cantor Adelmário Coelho, às bandas Estakazero e Cangaia de Jegue, assim como os forrozeiros Jotta, Cicinho de Assis e Del Feliz.

Deixe seu comentário

Redes Sociais


3ª Avenida, Nº 390, 2º andar Plataforma 4 - Ala Norte Centro Administrativo da Bahia - CAB. CEP: 41.745-005 (ver mapa) | Tel: +55 71 3115-6091