Gestores e trade discutem com secretário demandas do turismo em Paulo Afonso

O secretário de Turismo do Estado, Domingos Leonelli, visitou, neste sábado (4), o município de Paulo Afonso, onde percorreu os principais pontos turísticos e se reuniu com gestores municipais e representantes do trade para discutir demandas na zona turística Lagos e Cânions do São Francisco. Também participou do encontro de motociclistas Moto Energia, que levou cinco mil turistas à cidade no final de semana.

A recuperação de instalações do Complexo da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), aberta à visitação na companhia de guias de turismo, está entre as principais reivindicações dos gestores municipais e do trade local. O primeiro item da pauta foi a reativação de um grande atrativo turístico do complexo, que, segundo o secretário de Turismo de Paulo Afonso, Jacques Fernandes, está fechado há cerca de cinco anos: o bondinho da Chesf.

Outros pontos discutidos durante a visita foram o interesse na reativação de um restaurante para atender aos visitantes do complexo e implantação de iluminação cênica em ambientes como a Ilha do Urubu, que tem vista para a Cachoeira de Paulo Afonso, além do retorno da realização de eventos culturais no local e a reabertura da área da maquete de Paulo Afonso para visitação turística.

Elaborada na década de 50, a maquete está localizada no centro de treinamento da Chesf e é uma réplica perfeita da cidade. Nela, os profissionais da companhia costumavam os fazer testes de operação das usinas antes de por as ações em prática.

“Buscamos apoio do Governo do Estado, pois temos potenciais e precisamos de força para utilizá-los de maneira melhor. A maquete, por exemplo, deveria ser o primeiro ponto de visitação de quem vem a Paulo Afonso”, comentou Jacques.

Leonelli prometeu expor as demandas para o presidente da Chesf, lembrando que a empresa também é baiana. “Todo o complexo de geração de energia é na Bahia. Temos as usinas Paulo Afonso I, II, III e IV, Piloto e Apolônio Sales. Temos os cânions do Rio São Francisco e precisamos mostrar esse potencial aos nossos visitantes”.

Já para o prefeito Anilton Bastos, a visita de Leonelli serviu para que o secretario estadual da pasta do turismo visse in loco as necessidades do município. “Estamos com a atenção mais voltada para o desenvolvimento do turismo. Queremos a volta do voo da Azul e estamos verificando esta possível reunião com o presidente da Chesf. Paulo Afonso é Bahia e a Chesf nasceu na Bahia, por isso precisamos ter mais apoio”, explicou o prefeito, que sugeriu a inclusão da Moto Energia no calendário turístico da Bahia.

Além dos cinco mil visitantes atraídos a Paulo Afonso durante o final de semana de sua realização, o evento, que conta com shows e comercialização de acessórios, motocicletas, alimentos e bebidas, movimenta cerca de R$ 3,5 milhões na economia do turismo da cidade (hospedagem e alimentação, por exemplo), mas o montante de negócios gerados dentro do evento com a venda de produtos chega a R$ 3 milhões, de acordo com os organizadores.

Deixe seu comentário

Última do Twitter

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-000 (ver mapa) | Tel: 55 71 3116-6814/6863