Francês é primeiro a chegar a Salvador e vence regata internacional

O navegador francês David Raison, da equipe TeamWork Evolution foi o vencedor da regata internacional La Charente-maritime Bahia 2011 – Transat 6.50. Raison chegou ao Terminal Náutico de Salvador na tarde desse domingo (30), antecipando-se em um dia e meio em relação ao segundo colocado, Thomas Normand, da 787 Financière de I’Echiquier. A prova, que teve largada na cidade de La Rochelle, no sudoeste da França, no dia 25 de setembro, contou com escala na Ilha da Madeira, em Portugal, e chegada em Salvador, na Baía de Todos-os-Santos.

A Transat 6.50 é realizada desde 1997 e esta é a sexta vez que a capital baiana se torna o ponto de chegada. A prova conta com a participação de 83 barcos de 21 pés (6,5 metros), conduzidos por um único velejador. Os competidores, de 14 nacionalidades, saíram de La Rochelle em 25 de setembro e, depois de percorrerem 4.200 milhas náuticas – o equivalente a 7.800 quilômetros -, deverão chegar ao Terminal Náutico da capital baiana. A competição é promovida pela Associação da Grand Pavois de La Rochelle a cada dois anos e conta com o apoio do Governo da Bahia, por meio da Secretaria de Turismo, Bahiatursa e Sudesb.

A regata La Charente-maritime Bahia 2011 integra a programação da Semana Náutica que marca os 510 anos do descobrimento da Baía de Todos-os-Santos pelo navegador italiano Américo Vespúcio. A premiação será realizada no próximo dia 10 de novembro, no Iacht Clube da Bahia.

Para o chefe de gabinete da Setur, João Carlos Oliveira, a regata é um brinde à beleza da Baía de Todos-os-Santos. “A Transat mostra a força da Baía de Todos-os-Santos como destino do turismo náutico. Eventos como esse estreitam laços entre os países participantes e divulgam a Bahia e suas belezas naturais para todo o mundo. Isso fortalece e muito o turismo aqui”, comentou o substituto do secretário Domingos Leonelli , que cumpre agenda na Argentina.

Organizador da prova, o francês Christophe Vieux, contou ter trazido a regata para a Bahia pelo potencial náutico e pela beleza. “Conheci o estado em 1996 e fiquei encantado com a Baía de Todos-os-Santos. Tive a ideia de trazer a regata para cá e a ideia foi muito bem aceita pelo governo, que dá apoio e tem interesse em divulgar esse maravilhoso destino turístico”, contou Vieux.

Turismo Náutico

A Bahia é considerada por navegadores de todo o mundo um local ideal para o turismo náutico, pois reúne boas condições de navegabilidade com águas calmas e mornas, além de bons ventos. O Estado tem como principais pontos para a náutica as baías de Camamu e de Todos-os-Santos.

Com área total de 1.052 km², a Baía de Todos os Santos é a segunda do mundo em tamanho e a primeira de clima tropical, uma vez que a maior baía, situada no Canadá, fica congelada praticamente o ano inteiro. É também a maior baía navegável do litoral brasileiro, comparada ao Mar Mediterrâneo por praticantes de esportes náuticos.

O desenvolvimento do turismo náutico é um dos principais desafios da Secretaria de Turismo do Estado. Investimentos de R$135.82 (US$ 85) milhões do Prodetur Nacional serão aplicados na melhoraria da infraestrutura náutica na Baía de Todos-os-Santos. A construção de atracadouros e píeres, além de outras intervenções que compreendem itens como capacitação profissional e melhoramento dos equipamentos turísticos, visam transformar a baía na principal zona turística do Estado.

Deixe seu comentário

Redes Sociais


3ª Avenida, Nº 390, 2º andar Plataforma 4 - Ala Norte Centro Administrativo da Bahia - CAB. CEP: 41.745-005 (ver mapa) | Tel: +55 71 3115-6091