Fórum Estadual de Turismo apresenta novidades para gestores municipais

Novas fitinhas do Bonfim, Estrada do Chocolate e Casa da Alma da Bahia estão entre as surpresas para o turismo baiano

O secretário Domingos Leonelli fez a palestra de abertura Foto: Rita Barreto/ Bahiatursa

O secretário do Turismo, Domingos Leonelli, fez a palestra de abertura do fórum Foto: Rita Barreto/ Bahiatursa

Gestores de turismo dos principais destinos da Bahia tiveram nesta sexta-feira (13) boas surpresas e muitas novidades para o setor durante o Fórum Estadual de Turismo. Entre as novidades estão as novas fitinhas do Bonfim, a Estrada do Chocolate, a Casa da Alma da Bahia, a Escola para Gestores do Turismo e o programa Viaja Mais Servidor. Durante o Fórum, os participantes também puderam conhecer o calendário de eventos do turismo para a Bahia em 2014.

Na abertura, o secretário Domingos Leonelli apresentou a palestra “Crescimento do Turismo da Bahia e perspectivas para o futuro”, quando elencou os resultados mais significativos alcançados e as perspectivas para o setor. Os números apontam que, entre os anos de 2007 e 2012, foram registrados 22 milhões de desembarques aéreos no Estado.

“Isso representa um aumento de 100% em relação ao período 2001-2006, quando o número de desembarques em solo baiano foi 11 milhões de passageiros, sendo 5,3 milhões de outros estados, 558 mil estrangeiros e 5,2 milhões de baianos viajando pelo próprio Estado”, assinalou Leonelli.

Sobre investimentos públicos em infraestrutura captados, executados e em execução, Leonelli citou que, entre 2007 e 2012, foram investidos R$ 263,7 milhões, aplicados em obras como a conclusão da Estrada Itacaré-Camamu, reformas das igrejas do Pilar, Boqueirão, Rosário dos Pretos, Palácio Rio Branco, sinalização turística da Costa do Dendê e Costa do Cacau, Orla de Salvador e Feira de São Joaquim.

A qualificação profissional, que beneficiou 16.200 trabalhadores baianos nos últimos sete anos, foi outro tema abordado pelo secretário.  Sobre os projetos futuros do governo para o setor turístico, Leonelli apontou como mais importante o Prodetur Nacional, que destinará R$ 208 milhões (US$ 84,7 milhões) para infraestrutura e qualificação na Baía de Todos-os-Santos, transformando a zona turística num distrito cultural e turístico.

Fitinhas do Bonfim

Os primeiros modelos da tradicional fitinha do Senhor do Bonfim que, ainda este ano, voltarão a ser produzidas na Bahia, foram apresentados por Moisés Cafezeiro, coordenador da Cooperativa de Produtores de Artigos Religiosos e Culturais (Cooparc), responsável pela implantação da fábrica em Salvador. “Com o tecido de algodão, fica mais fácil elas se romperem”, apontou Cafezeiro, que colocou no braço do secretário Leonelli uma fitinha branca com letras douradas. “Esperamos que, com as fitinhas tradicionais, os desejos sejam mais rapidamente atendidos pelo Senhor do Bonfim”, brincou o secretário.

Novidades para o Turismo

Entre as novidades anunciadas nesta sexta-feira (13) pelo secretário Domingos Leonelli está a Escola de Turismo para Gestores Municipais, que vai desenvolver projetos municipais e regionais de turismo e realizar atividades de capacitação dos gestores públicos como secretários, coordenadores, diretores e técnicos da área lotados nos mais de 100 municípios turísticos da Bahia. A iniciativa é da Secretaria do Turismo do Estado (Setur), que tem a proposta inicial de oferecer cursos de 248 horas.

A escola vai abordar temas importantes para o desenvolvimento do turismo na Bahia. O cenário do turismo baiano, turismo sustentável e elaboração e gestão de projetos estão entre os temas propostos para o curso. A Lei Geral do Turismo – que será encaminhada pela Setur à Assembleia Legislativa, para aprovação pelos deputados estaduais -, gestão de convênios e contratos, planejamentos estratégico, plurianual e orçamentário e monitoramento e avaliação de políticas na área de turismo serão pontos técnicos cruciais a serem abordados na capacitação dos dirigentes.

Leonelli também assinou o protocolo de intenções para a Estrada do Chocolate, a primeira rodovia temática da Bahia, cujo trajeto vai de Ilhéus a Uruçuca, com dois pórticos: um na Terra de Gabriela e outro na BR-101.  O protocolo foi assinado pelo prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, pela prefeita de Uruçuca, Fernanda Silva, e pelo presidente da Associação de Turismo de Ilhéus – ATIL, Marco Lessa.

Esse projeto visa levar os turistas a conhecerem o processo de produção do cacau e do chocolate, com visitas às fazendas, fábricas e lojas. Os atrativos, porém, oferecem muito mais que isso: passeios por reservas de Mata Atlântica, por localidades históricas, dentre outros.

A Estrada do Chocolate será o fator mais visível da Rota do Chocolate, que inclui muitos outros roteiros turísticos.  Trata-se de um produto nascido da produção associada ao turismo – cacau e chocolate – e corresponde a uma nova dimensão da história econômica da região, tão bem contada pelo escritor baiano Jorge Amado.

Investimentos estão sendo feitos pela iniciativa privada nas áreas de hotelaria e alimentação, preservando características de antigas fazendas e também pelo Poder Público, através da Secretaria do Turismo da Bahia e Bahiatursa, em promoção e articulação junto a agentes e operadores, além de capacitação profissional e empresarial.

Casa da Alma da Bahia

Um espaço que vai retratar o jeito de ser do baiano, a Casa da Alma da Bahia é outra novidade anunciada pelo secretário Domingos Leonelli, que apresentou o projeto para a implantação desse espaço interpretativo que será interativo e funcionará no centro da capital baiana,  em uma área de 1.500 m² de um edifício de esquina da Barroquinha com a Avenida Sete de Setembro , antiga Embasa, na Praça Castro Alves.

“Em todas as pesquisas de turismo nos itens que se referem às coisas que mais agradam aos visitantes, a resposta é quase unânime: o povo. sol, praia, patrimônio histórico, festas, esportes, serviços, nada ganha do jeito baiano de ser em matéria de satisfação, por isso vamos implantar esse equipamento”, justifica o secretário Leonelli.

Na visão do secretário, o jeito de ser do baiano é singular: “Algo mais intangível vindo da história, das coisas acontecidas, das coisas aprendidas sem ensino, das memórias que aqui se juntaram vindas da África, da Europa e do Oriente, algo como a alma da Bahia”, arremata.

Viaja Mais Servidor

A partir de fevereiro de 2014, os servidores públicos estaduais terão um bom incentivo para viajar mais pelos destinos turísticos da Bahia. Batizado de Viaja Mais Servidor, o programa teve nesta sexta-feira (13) a adesão das primeiras empresas que oferecerão aos servidores estaduais descontos a partir de 20% nas tarifas de hospedagem, além de outras vantagens.

O projeto será realizado em parceria com a Secretaria da Administração do Estado (Saeb), através do Clube de Desconto do Servidor. “A ideia é combatermos a baixa estação e proporcionarmos pacotes mais baratos para os 280 mil servidores ativos, inativos e pensionistas do Governo da Bahia”, explica Leonelli.

Deixe seu comentário

Redes Sociais

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-010 (ver mapa) | Tel: +55 71 3116-6814/6863