Festa Literária de Cachoeira eleva ocupação hoteleira da cidade e região

 

São esperados cerca de 20 mil visitantes em Cachoeira, durante  a feira literária    Foto: Rita Barreto/Bahiatursa

São esperados cerca de 20 mil visitantes em Cachoeira, durante a festa literária   Foto: Rita Barreto/Bahiatursa

Durante cinco dias, Cachoeira será invadida por turistas, estudantes e amantes da literatura e das artes,  atraídos pela presença de  autores nacionais e internacionais que participarão de 12 mesas especiais e debates. É  a  Festa Literária Internacional de Cachoeira – Flica, que começa nessa quarta (29)  e vai até  domingo (2 de novembro), contando com o apoio da Bahiatursa.

Segundo Marcus Ferreira, um dos coordenadores do evento, “são esperadas cerca de 20 mil pessoas na cidade, que está com 100% de ocupação hoteleira. Um grande número de pessoas também se hospeda nas cidades vizinhas de Cruz das Almas, Santo Amaro, São Félix e até Feira de Santana”, afirma, destacando que o evento já integra o calendário turístico e cultural da Bahia.

A feira traz este ano como novidade a homenagem a um autor, Maria Stella de Azevedo Santos,  Mãe Stella, escritora e ialorixá do Ilê Axé Opô Afonjá.  João Ubaldo Ribeiro, escritor e acadêmico morto em julho, vítima de embolia pulmonar e  que participaria da maior festa literária do Norte/Nordeste,  será celebrado com a mesa especial Viva João Ubaldo Ribeiro.

Doze mesas especiais e debates estão programados durante o evento.Foto: Tatiana Azeviche/Setur

Doze mesas especiais e debates estão programados durante o evento      Foto: Tatiana Azeviche/Setur

A mesa terá como debatedores os escritores Ana Maria Machado e Geraldo Carneiro, sendo o mediador o jornalista e escritor Fernando Vita. Em paralelo às mesas de discussão, em destaque atrações musicais e a Fliquinha, dedicada ao público infantil, que ganha agora um espaço especial, o Cine-teatro Cachoeirano, um dos mais antigos do país.

A programação musical deste ano fará uma homenagem ao centenário de Dorival Caymmi, que também será tema da mesa de abertura na quarta, às 20 horas, com a participação de Stella Caymmi e Marielson Carvalho e mediação de Mira Silva.

Durante todas as noites, a Praça da Aclamação terá apresentações.  Entre as atrações,  Juliana Ribeiro, Samba de Roda Filhos de Caquende, as Filarmônicas Lyra Ceciliana e Minerva Cachoeirana,  e os espetáculos  A Coisa (com Jackson Costa) e  Do  Samba Chula ao Samba Reggae, com Ricardo Bittencourt, Claudia Cunha, Will Carvalho, Guida Moira e Aloisio Menezes.

Cachoeira está localizada a 110 km de Salvador, no Recôncavo Baiano, e possui construções históricas como a Capela de Santa Bárbara, a Igreja da Ordem Terceira do Carmo e o sobrado da Irmandade da Boa Morte. Também o tradicional samba de roda atrai os turistas, além da culinária. Outras atrações são os passeios de barco pelo leito do Rio Paraguaçu e as visitas para conhecer  comunidades quilombolas.

Deixe seu comentário

Redes Sociais

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-010 (ver mapa) | Tel: +55 71 3116-6814/6863