Feira de Santana sedia encontro do Fórum Estadual do Turismo nesta sexta (16)

A cidade de Feira de Santana (a 108 km de Salvador) será a sede da próxima reunião do Fórum Estadual do Turismo, que ocorrerá na próxima sexta-feira (16), no Espaço Ville Gourmet, a partir das 8h30. É a primeira vez que o encontro é realizado fora de Salvador. O evento, que será aberto pelo secretário do Turismo, Domingos Leonelli, contará com a participação de representantes do trade da zona turística Caminhos do Sertão e de autoridades como o prefeito local, José Ronaldo de Carvalho, e do secretário nacional de Desenvolvimento de Programas do Ministério do Turismo, Fábio Mota.

A programação inclui a apresentação de um vídeo de promoção da região e também do Programa de Desenvolvimento Estratégico do Turismo nos Caminhos do Sertão, além do lançamento de um roteiro de visitação da cidade de Feira de Santana.

Durante o Fórum, os empresários locais apresentarão o projeto de reativação do Feira de Santana Convention Bureau, entidade voltada para o desenvolvimento do turismo de negócios na região. Haverá, ainda, uma exposição das ações da Secretaria Estadual do Turismo para incentivo da produção associada à atividade.

Sobre – O Fórum Estadual do Turismo existe desde 2003 e reúne 50 integrantes, dentre representantes de órgãos governamentais e da sociedade civil, como secretários municipais, dirigentes de câmaras temáticas, presidentes de entidades de classe, comunidade científica e organizações não governamentais.

Serviço |

O quê: I Fórum Estadual de Turismo Itinerante

Quando: 16 de agosto

Onde: Espaço Ville Gourmet/ Feira de Santana

Como Chegar: Partindo de Salvador pela BR-324, seguir por 108 km até a cidade de Feira de Santana. Localização: 108 km de Salvador. Empresas Rodoviárias: (71) 3450.4951

Programação

8h30 – Credenciamento, com café da manhã de boas-vindas

9h – Abertura: vídeo – Zona Turística Caminhos do Sertão

Exmo. Sr. Domingos Leonelli – Secretário do Turismo da Bahia

Exmo. Sr. Fabio Mota – Secretário Nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo – Ministério do Turismo

Exmo. Sr. José Ronaldo – Prefeito de Feira de Santana

Ilmo. Sr. Getúlio Andrade – Conselho Regional de Turismo

09h30 – Apresentação “Programa de Desenvolvimento Estratégico do Turismo da Região Caminhos do Sertão” – Getúlio Andrade – Coordenador do Conselho Regional de Turismo, e Tiago Mendes – Consultor do Sebrae

10h30 – Perguntas da Plenária

11h – Apresentação do Roteiro Turístico “Portal do Sertão “Caminhos de Maria Quitéria” e do Site de Turismo de Feira – Antônio Carlos Borges Júnior – Secretário do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico de Feria de Santana

11h10 – Comunicações dos Coordenadores das Câmara/Conselhos Regionais de Turismo e dos membros do Fórum Estadual de Turismo

12h30 – Almoço de Confraternização com Ato de Reativação do “Convention Bureau de Feira de Santana”

14h – Programa de Regionalização do Turismo “Validação dos Interlocutores Regionais e Municipais / Roteirização da Bahia” Sr. Weslen Moreira – Diretor de Serviços Turísticos da  Bahiatursa

14h30 – “Mapeamento da Produção Associada, Turismo Rural e de Base Comunitária, e  do Turismo Étnico-Afro da Bahia”  – Sra. Cássia Magalhães – Superintendente de Serviços Turísticos da Setur  e  a Sra. Ússula Pinto / Setur

 15h – Palestra – “Conceitos, metodologia e implantação de Sinalização Turística” – Sr. Antônio Sérgio Pedreira – Diretor de Infraestrutura Suinvest/ Setur

15h30 – Apresentação – “Programas de Qualificação Profissional” – Sra. Angélica Dias – Gerente do Senac – Feira de Santana;

16h – Apresentação – “Programas de Financiamento para o Setor de Turismo” – Sr. Gidelvan Galvão – Gerente de Negócios do Banco do Nordeste – BNB

16h30 – Apresentação “Programas de Financiamentos Públicos e Captação de Recursos Públicos” – Sr. Salvador Celso Rodrigues Santos – Coordenador da Gerência de Desenvolvimento Urbano da Caixa Econômica Federal.

17h– Perguntas da Plenária

17h30 – INFORMES:

 

18h00 – Encerramento, com apresentação cultural.

18h30 – Coquetel e visita ao Museu Parque do Saber.

OBS: Durante o evento acontecerá exposição da Produção Associada ao Turismo “Vitrine de Artesanato Caminhos do Sertão”

Sobre Feira de Santana

Considerada a “Princesa do Sertão”, Feira de Santana está localizada entre a costa e o sertão da Bahia, há 108 km de Salvador. Do sertão, o município herdou não só o título de nobreza, mas uma forte influência no seu clima e economia. A cidade é beneficiada tanto com as chuvas moderadas de inverno, vindas do oceano Atlântico, como pelas trovoadas de verão, que se originam no sertão. Na economia, ganha destaque a criação bovina que, por muitas décadas, lhe deu fama de ser uma das feiras de negócios mais concorridas do Brasil. Além disso, possui uma variada produção agrícola.

Devido à sua favorável localização, o município é conhecido como um dos maiores entroncamentos rodoviários do país. Cinco das seis principais rodovias estaduais passam pela cidade. Feira faz a ligação entre Salvador e o sertão da Bahia, já que a capital baiana é o principal mercado para os produtos dessa região por conta do seu porto.

Os primeiros registros da história do município datam de 13 de novembro de 1832, em torno de uma vila, cuja criação data de 9 de maio de 1833, com a denominação de Villa do Arraial de Feira de Sant’Anna, com o território desmembrado de Cachoeira, constituídas pelas freguesias de São José das Itapororocas (sede), Sagrado Coração de Jesus do Perdão e Santana do Camisão, atual município de Ipirá.

A instalação do município ocorreu em 18 de setembro de 1833. Seu primeiro intendente, a partir da Proclamação da República, foi Joaquim de Melo Sampaio. Em 16 de junho de 1873, foi elevada à categoria de cidade, onde passou a ser chamada de Cidade Commercial de Feira de Santana, e decretos de 23 de junho e 8 de agosto de 1931, respectivamente, simplificaram o nome para Feira. Um decreto estadual de 30 de novembro de 1938 oficializou a denominação do município como Feira de Santana.

O nome da cidade é uma homenagem aos seus fundadores. No século XVIII, o casal Domingos Barbosa de Araújo e Anna Brandoa ergueu uma capela na Fazenda Sant’Anna dos Olhos D’Água, em homenagem à sua santa de devoção, Senhora Sant’Anna. A construção de Feira de Santana se deu em torno da capela, e hoje Nossa Senhora Sant’Anna é considerada padroeira do município e marco da fé católica na região.

A culinária da cidade sofre a influência dos vegetais típicos da região, como o cortado de palma, prato que é preparado com a palma do cactus. A feijoada com mandioca, beiju, e os tradicionais vatapá e acarajé podem ser encontrados nos bares e restaurantes da cidade. Nas ruas, em barracas, também é muito comum encontrar vendedoras de acarajé, assim como barracas de caldo de cana.

Feira de Santana é famosa também por suas festas típicas, como a da Senhora Sant’Anna, na segunda quinzena de janeiro, Bumba meu boi, Segura a véia, Burrinha e outros folguedos populares. A Micareta de Feira, conhecida como Carnaval fora de época, comemorada na cidade 15 dias após a Páscoa, foi a primeira do Brasil. A cidade promove também outras festas famosas, como o Festival de Violeiros, realizado em setembro, e a Corrida de Jegues, em novembro.

O Observatório Astronômico Antares, situado no bairro do Jardim Cruzeiro e atualmente administrado pela Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), é outra atração. A cidade também possui museus, a exemplo do de Arte Contemporânea, a Casa do Sertão e o Museu Regional. As igrejas Senhor dos Passos (em estilo neogótico), Nossa Senhora dos Remédios e a Catedral de Santana (Matriz) são destaques arquitetônicos.

 

Deixe seu comentário

Redes Sociais

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-010 (ver mapa) | Tel: +55 71 3116-6814/6863