Eventos internacionais no Brasil cresceram 408% em dez anos

Mais de 126 mil turistas estrangeiros vieram ao País em 2013 para participar de eventos que aconteceram em 54 cidades de todas as regiões

 

Os dados divulgados mostram que 11 novas cidades brasileiras, a maior parte fora das regiões metropolitanas, entraram no ranking do ICCA pela primeira vez. Foto: Rita Barreto/Bahiatursa

Novas cidades brasileiras entraram no ranking do ICCA pela primeira vez.  Foto: Rita Barreto/Bahiatursa

Em dez anos, os congressos e convenções de negócios realizados no Brasil registraram um aumento de 408%. Conforme os dados divulgados hoje pela ICCA (Internacional Congress and Convention Association), entre 2003 e 2013, o total de eventos passou de 62 para 315. No mesmo período, o número de cidades que sediaram esse tipo de evento subiu 145%, passando de 22 para 54. O ranking divulgado mostra que o Brasil permaneceu entre os dez países que mais recebem congressos e convenções associativas, liderado pelos Estados Unidos.

Os dados divulgados mostram que 11 novas cidades brasileiras, a maior parte fora das regiões metropolitanas, entraram no ranking do ICCA pela primeira vez. É o caso, por exemplo, de Formosa (GO), que foi sede em 2013 do 6º Congresso Latinoamericano de Compreensão de Leitura. Ou ainda da 16ª Conferência sobre Patologia Alográfica, que tradicionalmente acontece na Europa e no ano passado foi em Comandatuba (BA). Também estão nessa lista Palmas (TO), Maringá e Apucarana (PR), São João Del Rey e Viçoca (MG), Botucatu e Dourado (SP), Itacaré (BA) e Saquarema (RJ).

“A inclusão de novas cidades mostra que estamos diversificando os locais que podem sediar eventos internacionais, beneficiando diretamente os municípios por meio da entrada de divisas e na qualificação do destino para receber eventos internacionais”, afirmou Vicente Neto, presidente da Embratur (Instituto Brasileiro do Turismo). “Com a exposição que o Brasil teve nos últimos anos devido aos grandes eventos e que ainda teremos com a realização da Copa e das Olimpíadas, esperamos receber ainda mais eventos internacionais nos próximos anos”, avaliou Neto.

Os 315 eventos realizados no ano passado, quando o Brasil ficou em 9º no ranking do ICCA, trouxeram ao País 126  mil turistas estrangeiros, que permaneceram em media 3,8 dias no país, gerando um movimento de US$ 137 milhões. Como o ranking não inclui eventos esportivos e religiosos, ficaram de fora a Copa das Confederações, realizada em junho em seis diferentes cidades, e a Jornada Mundial da Juventude, que aconteceu em julho no Rio de Janeiro. No ranking do ICCA, a cidade brasileira que mais recebeu eventos internacionais foi o Rio de Janeiro, seguido de São Paulo.

Por ocuparem grande parte e em longo período de tempo a infraestrutura hoteleira, os eventos esportivos e religiosos, sempre com maior número de pessoas, acabam dificultando a realização de eventos com público menor. Isso contribuiu para que no ano passado, na comparação com 2012, houvesse queda de 12,5% no número de eventos realizados no Brasil. Em 2012, o país recebeu 360 eventos e ficou em 7º lugar no ranking do ICCA.

Deixe seu comentário

Redes Sociais

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-010 (ver mapa) | Tel: +55 71 3116-6814/6863