Documentário sobre a Feira de São Joaquim é exibido para trabalhadores

O clima foi de expectativa entre os feirantes de São Joaquim, na noite da última terça-feira (12). É que a Feira foi tema do documentário “Água de meninos – A feira do cinema novo”. O longa-metragem, que tem direção da jornalista Fabíola Aquino, retrata a história da feira tendo como base os filmes A Grande Feira (1961), do cineasta Roberto Pires, e Sol Sobre a Lama (1963), com direção de Alex Viany. O filme tem duração de 52 minutos e foi lançado na segunda-feira (11), no Cine Cena Unijorge.

O documentário tem depoimentos dos próprios feirantes, considerados os personagens principais da história, e ainda conta com participação de freqüentadores da feira. Dentre eles, o secretário de Turismo do Estado, Domingos Leonelli, que cita em seu depoimento que “a Feira de São Joaquim é uma verdadeira ‘overdose de Bahia’”. No time dos artistas entrevistados estão Antônio Pitanga, Gessy Gessé e Mateus Aleluia.

“Água de meninos – A feira do cinema novo” mescla grandes momentos vividos pelos feirantes no passado, tendo depoimentos emocionados, assim como retrata a situação atual da feira, que passa por uma requalificação promovida pelo Governo do Estado, por meio das secretarias de Turismo (Setur) e de Desenvolvimento Urbano (Sedur), com execução pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) e apoio administrativo da Empresa Baiana de Alimentos (Ebal).

Durante a exibição os feirantes, que lotaram o espaço, mostraram-se emocionados e satisfeitos com as cenas a que estavam assistindo. O presidente do Sindicato dos Feirantes de Salvador, Marcílio Costa, ressaltou a importância do documentário. “Esse filme vai tornar a Feira de São Joaquim ainda mais conhecida, mostrando toda a sua riqueza e cultura. Acredito que este seja o grande momento da feira, com a reforma e toda essa visibilidade, inclusive do ponto de vista turístico”, comentou.

A diretora Fabíola Aquino confessou ter se inspirado nas outras obras sobre a feira e também na sua proximidade com o lugar. “Eu sou consumidora da feira e a história desse lugar me motivou a fazer esse documentário”, disse Fabíola, que deseja exibir o filme em toda a Bahia.

Para mais informações sobre o documentário basta acessar o site www.aguademeninosdoc.blogspot.com.br.

Deixe seu comentário

Redes Sociais


3ª Avenida, Nº 390, 2º andar Plataforma 4 - Ala Norte Centro Administrativo da Bahia - CAB. CEP: 41.745-005 (ver mapa) | Tel: +55 71 3115-6091