Decoração especial, em homenagem aos santos juninos e ao futebol, enche de cor e alegria o Centro Histórico de Salvador

Decoração São João no Pelô 2013. Foto Rita Barreto - Bahiatursa (171)3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A ordem é arrastar o pé no São João da Bahia, festa que promete uma explosão de imagens, luzes e cores, de 20 a 30 de junho, no Centro Histórico de Salvador. O Pelourinho, um dos principais cartões-postais da Bahia, já esbanja beleza, com uma decoração toda especial em homenagem aos três santos juninos (Antônio, João e  Pedro) e ao futebol, com o verde e amarelo da Seleção Brasileira, em tempo de Copa das Confederações, antecipando o clima da Copa do Mundo de 2014.

Assinada pela artista plástica Telma Calheira, a decoração atrai a atenção de turistas e moradores que desfilam pelo Centro Histórico de Salvador, percorrendo os becos, largos, ruas e casarões. Balões iluminados, figuras típicas nordestinas, bonecões, imagens dos santos, bandeirolas coloridas – tudo imaginado, em detalhes, no sentido de valorizar uma das maiores festas do calendário brasileiro.

Lugar que reflete tão bem a alma da Bahia, o Pelourinho está pronto para receber o maior forró de todos os tempos. Telma Calheira conta que buscou alcançar a religiosidade do povo baiano através de uma linguagem artesanal, com figuras da cultura popular brasileira, transformando cada espaço do Pelourinho em pequena cidade do interior.

PORTAL – Muitas bandeirolas alegram o Terreiro de Jesus, onde será instalado o palco principal, e, logo a seguir, um portal florido convida ao acesso ao Largo do Cruzeiro do São Francisco, simbolizando a alegria do povo nordestino, com entrada medindo sete metros de altura, ladeado por dois bonecões caracterizando um casal da roça.

Saltam aos olhos, ainda, além de outros portais, uma espécie de igrejinha com três nichos distintos, contendo as imagens de Santo Antônio, São João e São Pedro. A Sala do Reboco, numa evocação às casas de taipa do sertão nordestino, conta com uma pista de dança e um palco onde trios nordestinos se apresentarão para quem deseja dançar o forró em um lugar mais aconchegante.

Outro lugar de grande confluência para as brincadeiras do São João, e ponto de encontro para os torcedores que vão assistir aos jogos da Copa das Confederações, é o Largo do Pelourinho. A entrada da Rua das Portas do Carmo, tanto pelo lado do Terreiro de Jesus quanto pelo Pelourinho propriamente dito, ostenta portal enfeitado com um grande chapéu de couro e a bola de futebol simbolizando o rosto do sanfoneiro.

O Largo de Pelourinho tem como decoração especial um sombreiro mexicano, com mastro central onde foram usados cinco mil metros de cabos de aço, trinta e cinco mil metros de bandeirolas verde-amarelas, 10 balões juninos de um metro e meio de altura, cada um, além de um estandarte homenageando os três santos juninos.

O Pelourinho será também palco de feiras gastronômicas com quitutes variados. Em  festa junina que se preze não podem faltar as famosas barraquinhas, que foram montadas em vários pontos do Centro Histórico para a comercialização das bebidas e comidas típicas do período junino. Amendoim, milho, canjica, licor, nos mais variados sabores, dentre outras iguarias, não vão faltar no São João da Bahia.

Segundo a coordenadora de Marketing da Bahiatursa, Isabela Casales, a festa terá toda a infraestrutura necessária. O público baiano e os turistas poderão ainda contar com dois aplicativos, um voltado para os atrativos turísticos de Salvador e mais 11 municípios baianos e o outro de festas juninas, com a programação e informações do São João da Bahia. Os interessados podem entrar no site www.saojoaodabahia.ba.gov.br para saber como baixar os aplicativos e para obter mais informações sobre os festejos em toda a Bahia.

Conheça um pouco da história de cada santo junino

Santo Antônio – 13 de junho
Entre os santos homenageados em junho, é o que mais possui devotos espalhados pelo Brasil e por Portugal. Representado carregando o Menino Jesus nos braços, é conhecido como Santo Casamenteiro: é sempre o mais invocado por moças solteiras que buscam namorados.

São João – 24 de junho
É um santo festeiro. Por isso a dança e a alegria andam juntas no dia 24 de junho. É também conhecido como protetor dos casados e enfermos, principalmente no que se refere a dores de cabeça e de garganta.

São Pedro – 29 de junho

O guardião das portas do céu é também considerado o protetor das viúvas e dos pescadores. São Pedro foi um dos 12 apóstolos de Jesus. São as viúvas que organizam a festa, juntamente com os pescadores, que fazem a homenagem realizando procissões marítimas.

 

 

Deixe seu comentário

Redes Sociais

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-010 (ver mapa) | Tel: +55 71 3116-6814/6863