Clima de festa do interior toma conta dos largos do Pelourinho

Apresentação da banda Filomena Bagaceira no  Largo Pedro Archanjo

Apresentação da banda Filomena Bagaceira no Largo Pedro Archanjo Foto: Elói Corrêa/ GOVBA

Os festejos juninos no Pelourinho foram iniciados nesta sexta-feira (22), com programação na praça Tereza Batista e nos largos Pedro Archanjo e Quincas Berro D’ Água. Em cada um desses locais, cinco atrações se apresentam por noite até o próximo domingo (24). Com a mistura de diversos estilos do tradicional forró, o público tem a oportunidade de assistir aos shows em espaços que oferecem infraestrutura e conforto. Os largos possuem bares e restaurantes preparados para atender a demanda do público que quer curtir a festa e, ao mesmo tempo, evitar os locais com grande concentração de pessoas.

A aposentada Marli Gonzaga aproveitou a programação para levar filhos e netos para curtirem a magia da festa junina. “Aqui está maravilhoso. Tem segurança, tem muita gente educada e o mais importante: tem o forró, que eu adoro. Só vou embora depois do último show”, garantiu.

A partir deste sábado (23), além da programação dos grandes shows que serão realizados no Terreiro de Jesus e Largo do Pelourinho, a Sala de Reboco também oferecerá uma programação especial, com estrutura montada em frente ao Cruzeiro de São Francisco.

O vocalista da banda Filomena Bagaceira, Mamá de Souza, que subiu no palco do Largo Pedro Arcanjo, nesta sexta (22), destacou o caráter eclético da programação. “Essa programação aqui no Pelourinho permite que as pessoas que não têm a oportunidade de curtir no interior, possam vivenciar o clima dessa festa linda que é o São João. É uma mistura de vários gêneros. Tem o forró mais elétrico e o mais tradicional. É uma festa muito linda que a Bahiatursa e o Governo do Estado estão proporcionando para a galera”. No largo, além da Filomena, se apresentaram na noite de sexta,  Rebeca Tarique, Gereba, Forró Passa Pé, Amola Xote e Amanda Santiago.
Valorização da cultura 

Já o músico veterano Zelito Miranda, que abriu os festejos na Tereza Batista,  revelou que ficou feliz com a ideia dos shows nos três largos. “Esses eventos nos largos incrementam o São João em Salvador e é algo muito positivo. Valoriza não somente os artistas, mas a festa como um todo e nossa cultura popular nordestina. É importante lembrar que existe toda uma economia criativa que circula e gira em torno desse eixo da festa”, afirmou. A noite  teve ainda como atrações Nonô Curvelo, Carlos Pita, Vini Brasil e Dona Encrenka.

A capital baiana também recebe turistas do interior do estado. Exemplo disso é o administrador Clero Lordelo, que veio de Itambé, no centro sul da Bahia, para curtir o ‘arraiá’ do Pelourinho. “Estou me surpreendendo porque sou da cultura de curtir o São João no interior, mas cheguei aqui e encontrei o forró de raiz. Estou conseguindo aproveitar as festas que amo junto dos meus amigos e com esse clima diferente do Centro Histórico”.

O vocalista da banda Tio Barnabé, Neto Bittencourt, já se apresenta há cinco anos nos largos do Pelourinho e também ressaltou o clima diferenciado da festa. “É uma energia muito boa que encontramos aqui. A gente viaja muito pelo interior nesse período e se sente muito acolhido aqui na capital com os shows no Pelourinho. O clima é de festa no interior mesmo. Ficamos muito felizes com isso”, revelou. A Tio Barnabé foi a segunda atração da sexta no Quincas Berro D’Água, Quem abriu a programação foi o Forró Sobepoeira.  Samba e Sede, Zelito Bezerra, Forrozin e Chaveirinho do Arrocha também fizeram a festa no largo.

Confira programação completa: https://bit.ly/2lwH5hF

Com informações da Seco Ba – Repórter: Jairo Gonçalves

Deixe seu comentário

Redes Sociais


3ª Avenida, Nº 390, 2º andar Plataforma 4 - Ala Norte Centro Administrativo da Bahia - CAB. CEP: 41.745-005 (ver mapa) | Tel: +55 71 3115-6091