CATs de Salvador lideram atendimentos a turistas, segundo Ministério

Os atendimentos foram realizados pelos  integrantes do projeto Guias e Monitores e em postos do aeroporto, rodoviária e Pelourinho.

Atendimentos foram feitos por integrantes do projeto Guias e Monitores e nos postos Foto: Rita Barreto/Bahiatursa

O Ministério do Turismo fez um levantamento do número de atendimentos dos principais postos de atendimento ao turista, os CATs. No total, foram 330 mil solicitações durante os seis primeiros meses do ano, período que inclui a Copa das Confederações. Entre as principais cidades com esses postos, destaca-se Salvador, com 153 mil atendimentos, 8,6 mil apenas durante a Copa. Salvador é a terceira cidade turística mais visitada do país, de acordo com estudo da Demanda Turística Doméstica.

De acordo com o diretor de Serviços Turísticos da Bahiatursa, Weslen Moreira, os atendimentos foram realizados, em sua maioria, pelos integrantes do projeto Guias e Monitores, que atuaram no Carnaval e na Copa das Confederações, e também em postos do aeroporto, rodoviária e Pelourinho. Conforme Moreira, os CATs baianos estão utilizando uma ferramenta de contabilização de atendimentos da Google para dar mais agilidade e precisão aos dados obtidos no Estado.

Os sete CATS de Brasília atenderam 71 mil pessoas, entre janeiro e junho deste ano. De acordo com a Secretaria de Turismo do DF, o perfil do público que procura seus sete CATs é de estrangeiros que vêm principalmente da França e dos Estados Unidos, e de brasileiros, de São Paulo e Minas Gerais. A maioria é solteira, com alto nível de escolaridade, e que chega à capital federal para passar dois ou três dias, em busca de lazer.

Em Manaus foram realizados 4.398 atendimentos nos dois CATs existentes, sendo 2.464 brasileiros e 1.934 estrangeiros atendidos no aeroporto e no CAT Eduardo Ribeiro, entre janeiro e julho. A empresa de Turismo e Eventos da cidade de São Paulo -  SP Turis, na capital, atendeu de 17.619 turistas em suas Centrais de Informação Turística (CITs) no mesmo período, dos quais 9.564 estrangeiros e 4.694 turistas nacionais e o restante de São Paulo. São Paulo conta com sete centrais de atendimento funcionando.

Em Belo Horizonte, sete CATs atenderam 12 mil pessoas, sendo 54,6% turistas de Minas Gerais, 12% de estrangeiros e 32% de outros estados. Quando dividido por categoria, o atendimento, 40%, se refere à distribuição de panfletos, 16% de orientação urbana e 11% sobre atrativos da cidade.

Em Porto Alegre, dois CATs realizaram 7.806 atendimentos no primeiro semestre de 2013, dos quais 3.795 a brasileiros e 2.865 a estrangeiros. Segundo a Secretaria de Turismo do Rio Grande do Sul, a maioria dos turistas visita a cidade de férias (5.319) e se hospeda em campings, albergues, casas de parentes/amigos ou imóveis alugados (4.308), o restante prefere ficar em hotéis.

Salvador – 144.466 atendimentos + 8.677 atendimentos durante a Copa das Confederações
Rio de Janeiro – 86.176 atendimentos, sendo 67 mil estrangeiros e quase 19 mil brasileiros
Recife -  48.252 atendimentos
São Paulo – 17.619 atendimentos
Belo Horizonte – 12 mil atendimentos
Porto Alegre – 7.806 atendimentos
Manaus – 4.398 atendimentos
Cuiabá – 2.641 atendimentos
Natal – 1.254 (fevereiro a julho de 2013)
Fortaleza – não forneceu dados
Curitiba – não forneceu dados

Deixe seu comentário

Redes Sociais

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-010 (ver mapa) | Tel: +55 71 3116-6814/6863