Balanço e perspectivas da Setur e Bahiatursa marcam o 1º Fórum Turismo em Debate

 

O secretário Domingos Leonelli abriu o forum Foto: Rita Barreto/ Bahiatursa
O secretário Leonelli abriu o 1º Fórum Turismo em Debate  Foto: Rita Barreto/ Bahiatursa

O balanço das ações desenvolvidas pela Secretaria do Turismo (Setur) e Bahiatursa e as perspectivas para o setor foram o tema da palestra do secretário do Turismo, Domingos Leonelli, que abriu nesta quinta-feira (12) o 1º Fórum Turismo em Debate, na Casa do Comércio.

Durante o evento, que reuniu o trade turístico baiano, Leonelli falou sobre o crescimento no número de desembarques nos aeroportos baianos. Os dados apontam que 22 milhões de pessoas desembarcaram na Bahia nos últimos sete anos, com destaque para o ano de 2012, quando 4,8 milhões chegaram de avião ao Estado.

“Isso representa um aumento de 100% em relação ao período 2001-2006, quando o número de desembarques em solo baiano foi 11 milhões de passageiros, sendo 5,3 milhões de outros estados, 558 mil estrangeiros e 5,2 milhões de baianos viajando pelo próprio estado”, assinalou Leonelli.

Sobre Infraestrutura – Investimentos públicos captados, executados e em execução, Leonelli citou que, entre 2007 e 2012, foram investidos R$ 263,7 milhões, aplicados em obras como a conclusão da Estrada Itacaré/Camamu, reformas das igrejas do Pilar, Boqueirão, Rosário dos Pretos, Palácio Rio Branco, sinalização turística da Costa do Dendê e  Costa do Cacau, orla de Salvador e Feira de São Joaquim.

A qualificação profissional, que  beneficiou 16.200 trabalhadores baianos nos últimos sete anos, foi outro tema abordado pelo secretário.  Sobre os projetos futuros do governo para o setor turísitco, Leonelli apontou como mais importante o Prodetur Nacional, que destinará R$ 170 milhões para infraestrutura e qualificação na Baía de Todos-os-Santos.

Atração nacional e internacional

Durante o evento, os diretores da Bahiatursa, de Relações Nacionais, Fernando Ferrero, e Relações Internacionais, Rosana França, apresentaram um balanço das ações de cada diretoria. Em relação à promoção da Bahia no exterior, Rosana França citou que, de 2007 a 2013, a Bahiatursa realizou mais de 300 ações voltadas para o público profissional e público final nos mercados prioritários na América do Sul, na Europa e nos Estados Unidos.

No que diz respeito à promoção nacional, o diretor Fernando Ferrero afirmou que nos últimos sete anos a Bahiatursa participou de mais de 200 feiras e eventos nacionais, com distribuição de material promocional, rodadas de negócios, roadshows e capacitação para operadores e agentes de viagem.

A superintendente de Investimentos em Polos Turísticos da Setur, Clarissa Amaral, abriu o painel Infraestrutura e Atração de Investimentos como Diferencial Competitivo, falando sobre  ações  de infraesturura turística e de atração de investimentos. Clarissa destacou o Prodetur como projeto que sintetiza as ações turísticas do estado, fazendo o casamento de investimento, inclusão produtiva, preservação do meio ambiente, dentre outras ações.

Capital artístico-cultural

À tarde, o diretor de Serviços Turísticos da Bahiatursa, Weslen Moreira, destacou a procura dos turistas pela Bahia não apenas pelo sol, praia e carnaval, mas pelo capital artístico-cultural que o Estado tem. E a importância de trabalhar o mercado estadual, promovendo a Bahia para os próprios baianos, além da necessidade de superar a baixa estação, citando, entre os exemplos, o sucesso do São João da Bahia, com investimentos da Bahiatursa em mais de 100 municípios baianos, e II Semana da Diversidade e 12 Parada do Orgulho Gay de Salvador, promovida anteriormente na Parada do Orgulho LGBT de São Paulo.

Superintendente de Serviços Turísticos da Setur, Cássia Magalhães falou sobre a importância do programa de qualificação turística no sentido de tornar o destino Bahia mais competitivo  e citou, como exemplos, o Projeto Guias e Monitores do Carnaval, que se transformou em Guias e Monitores da Copa das Confederações e atenderá também a Copa do Mundo, o cama e café,  operação verão,qualificação empresarial para turismo étnico e para os feirantes de São Joaquim.

O Fórum Turismo em Debate é uma realização do Jornal A Tarde e da Fecomércio, com apoio da Caixa Econômica Federal.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário

Redes Sociais

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-010 (ver mapa) | Tel: +55 71 3116-6814/6863