Bahiatursa patrocina a Festa da Irmandade da Boa Morte

Superintendência apoia evento que celebra a morte e a ascensão de Nossa Senhora ao céu

Realizada em Cachoeira, a festa deve atrair cinco mil estrangeiros Foto: Jotafreitas/ Bahiatursa

Realizada em Cachoeira, a festa deve atrair cinco mil estrangeiros Foto: Jotafreitas/ Bahiatursa

Mais um ano, a Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa) reconhece a importância da Festa da Irmandade da Boa Morte.  O evento, que acontece entre os dias 13 e 17 de agosto, em Cachoeira, receberá apoio tanto para as filarmônicas e corais como para a infraestrutura.

Os festejos devem atrair cerca de cinco mil estrangeiros e centenas de jornalistas, além de operadores e agentes de viagens. A Festa da Boa Morte é Patrimônio Imaterial da Bahia desde 2010.

Realizada há mais de 200 anos, a festa atrai para a cidade do Recôncavo baiano turistas, lotando os bares, restaurantes, igrejas e museus.

Brasileiros, europeus, africanos e norte-americanos se misturam para conhecer melhor a tradição, que mostra a força e influência marcante da cultura africana, miscigenada à crença católica.

O público procura conhecer e prestigiar a história de uma das maiores manifestações culturais do Recôncavo Baiano, hoje transmitida de mãe para filha por 23 mulheres negras.

Essas descendentes de escravas chamam a atenção nas ruas da cidade, ao desfilar com roupas imponentes com passos lentos e firmes, demonstrando fé e devoção.

A festa de Nossa Senhora da Boa Morte é um exemplo vivo da força e influência marcantes da cultura africana, miscigenada às tradições católicas. A festa acontece sempre durante a primeira quinzena de agosto.

Deixe seu comentário

Última do Twitter

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-000 (ver mapa) | Tel: 55 71 3116-6814/6863