Bahiatursa de olho nos mercados internacionais presentes na BNTM 2015

Operadores de países como Hungria e Polônia participam pela primeira vez
da bolsa de negócios, atraídos pela visibilidade proporcionada pela Copa de 2014

Destino Bahia é vendido entre os buyers     Foto: Divulgação/ Bahiatursa

Destino Bahia é vendido entre os buyers   Foto: Divulgação/ Bahiatursa

Um dia cheio para compradores internacionais convidados (buyers) que participam da rodada de negócios com fornecedores nacionais (suppliers). Assim foi a sexta-feira, 29, na 24ª Brasil National Tourism Mart (BNTM 2015). São operadores procedentes não apenas de mercados prioritários, mas novos, de países como Hungria, Polônia e Rússia (que teve representante no ano passado), despertados pela visibilidade que a Copa do Mundo de 2014 proporcionou ao Brasil.

A Bahia marca presença com a Bahiatursa, que vende institucionalmente o destino entre os buyers, juntamente com os parceiros do trade turístico. A superintendência patrocina a Sala de Imprensa, colocando sua marca e a do Governo do Estado também no crachá do evento. A BNTM 2015 acontece até domingo (31), no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza, reunindo mais de 200 compradores internacionais e número equivalente de fornecedores nacionais, com 3.662 reuniões previamente agendadas.

Presidente da associação europeia de operadores, Glauco Chris Fuzinatto, responsável por trazer os buyers, diz que  a BNTM registra um aumento muito grande da demanda da Itália, do Reino Unido, da Alemanha e Argentina. “Muita gente que já fazia Rio, São Paulo e Foz do Iguaçu está querendo subir, em busca da variedade de ofertas de produtos”, acrescenta. Para ele, esta diversidade se encontra no Nordeste, que tem Salvador entre os destinos mais procurados.

A diretora de Promoções da Bahiatursa, Rosana França, acrescenta que até mesmo o mercado doméstico, nacional, está aquecido, com buyers representantes do Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Florianópolis, Curitiba e Brasília. “Como a gente sabe  que o câmbio está bom, favorecendo a vinda de estrangeiros para o Brasil, intensifica-se também o número de brasileiros que querem viajar pelo país”.

Presidente da General Wholesaler Travel & Tour, de Miami, Ernesto Camacho diz que programa a vinda de grupos de mulheres LGBT para o próximo mês de outubro e maio de 2016, tendo como  destinos Salvador e Chapada Diamantina. Até o momento, tem 25. “São pessoas com alto poder aquisitivo, que gostam de se planejar com antecedência, em busca de melhores serviços”, afirma ele, que recentemente organizou um famtour de operadores de viagens para a Índia.

Joaquim Cusidó, diretor da Kim Travel, diz que o mercado baiano está muito perto do mercado espanhol e do português e, em consequência, de toda a Europa,  em razão dos voos diretos da Air Europa e da TAP para Salvador. “Há uma diversidade de coisas para se fazer na capital, na Chapada Diamantina, os atrativos oferecidos pelas praias, não esquecendo da gastronomia, com restaurantes de referência”, acrescenta.

Para Mena Mota, diretora da Grou Turismo,  as pessoas que criaram a BNTM foram muito felizes. “E a gente tem que lutar e batalhar por ela”, acrescenta: “Aqui se faz relacionamento e eventualmente um negócio ou outro, mas o relacionamento é a base de qualquer negócio – não só nas entrevistas agendadas, mas no café, na lista dos participantes, com certeza, que vão gerar muitos negócios”.

Deixe seu comentário

Redes Sociais

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-010 (ver mapa) | Tel: +55 71 3116-6814/6863