Bahiatursa completa 45 anos

Empresa baiana foi pioneira e serve de modelo para a profissionalização do turismo no Brasil 

Secretário Paulo Gaudenzi discursa na cerimônia de comemoração do aniversário Fotos: Rita Barreto/ Bahiatursa

Secretário Domingos Leonelli discursa na comemoração do aniversário Fotos: Rita Barreto/ Bahiatursa

Um marco na profissionalização do turismo no Brasil, a Bahiatursa está comemorando 45 anos de promoção da Bahia para o mercado nacional e internacional. Para celebrar a ocasião, a empresa realizou nesta quinta-feira (28/11), no Centro de Convenções, uma cerimônia em que anunciou o novo plano de cargos e salários e homenageou os funcionários de destaque e ex-presidentes da empresa. A cerimônia reuniu representantes do trade turístico local, antigos gestores e membros dos conselhos Fiscal e de Administração.

Durante o evento, marcado pela simplicidade, a empresa apresentou as peças da campanha Verão da Bahia, lançou o DVD de Festas Populares, expôs cartazes e exibiu o filme 45 Anos da Bahiatursa. “Esta empresa é considerada um modelo que inspirou demais órgãos do segmento no país, inclusive o modelo de promoção utilizado pela Embratur”, ressaltou o secretário Domingos Leonelli, na abertura do evento.

A Campanha de Verão 2013/2014 exalta a Bahia de maneira poética e criativa, mencionando os inúmeros avanços no setor de turismo, como os novos serviços e a qualificação, ao mesmo tempo em que agradece aos céus os encantos dessa terra, que dá régua, compasso e faz do baiano um povo abençoado.

Já o DVD de festas populares apresenta filmes sobre algumas festas da Bahia e é utilizado em ações promocionais nos eventos nacionais e internacionais nos quais a Bahiatursa participa. A ambientação do espaço foi feita com uma exposição de peças do acervo gráfico da Bahiatursa, composta por cartazes, folhetos, exemplares da revista Viver Bahia e fotografias, todos produzidos ao longo destes 45 anos.

 Um dos homenageados da noite, ex-presidente da Bahiatursa Paulo Gaudenzi recebe emocionado o troféu

Um dos homenageados da noite, ex-presidente da Bahiatursa Paulo Gaudenzi recebe emocionado o troféu

Um dos homenageados da noite, o ex-presidente da Bahiatursa, Paulo Gaudenzi, recebeu emocionado o troféu entregue pelo secretário Domingos Leonelli. “A Bahiatursa é uma grande escola. É um contentamento muito grande ver essa escola de planejamento e de execução do turismo em funcionamento. Viva os 45 anos”, declarou Gaudenzi”. Também foram homenageados os ex-presidentes Manoel Castro, Mário Calmon e Silvio Simões.

Entre os funcionários de destaque, foram homenageados Ironildes de Jesus Santos, Calmerindo Ferreira Costa, Maria Marlucia da Silva, Godofredo Teixeira da Paixão, Manoel Antonio Cerqueira Santos e Gilmar Moura da Silva, escolhidos por votação pelos demais funcionários da empresa.

A Bahiatursa – Com a vocação que a Bahia tem para o turismo, o Estado precisava de uma empresa estruturada que desse suporte às necessidades dos visitantes. Daí surgiu a Bahiatursa, constituída na forma do Art. 236 da Lei n° 6.404/76, autorizada pela lei estadual nº 2.563, de 28 de agosto de 1968. A Assembleia Geral de sua constituição foi realizada em 14 de novembro do mesmo ano.

A Empresa de Turismo da Bahia S. A. – Bahiatursa é uma empresa de economia mista vinculada à Secretaria do Turismo, transformada em secretaria independente em 2007. É responsável pela divulgação e promoção turística da Bahia no Brasil e no exterior, bem como pela administração das estruturas e serviços de receptivo no Estado.  Administra e comercializa os Centros de Convenções da Bahia (Salvador), de Ilhéus e Porto Seguro e os postos de informações turísticas do Pelourinho (SAT), Aeroporto, Rodoviária e Mercado Modelo.

A empresa atua de acordo com as políticas públicas do Governo Federal – Plano Nacional do Turismo – e do Governo do Estado da Bahia, exercendo papel fundamental na atração e ampliação do fluxo turístico regional, nacional e internacional; na captação de voos regulares e charters; e no fortalecimento de alianças e parcerias com o trade turístico, instituições acadêmicas, ONGs, entidades de fomento e diversos órgãos do poder público.

Criada no âmbito da Secretaria dos Assuntos Municipais e Serviços Urbanos, já extinto, em 1971 passou a integrar a Secretaria da Indústria e Comércio, denominada Indústria, Comércio e Turismo a partir de 1983. Logo, em 1995, transferiu-se para a Secretaria da Cultura e Turismo. A partir de 1977,  a empresa passou a contar com importante parceiro nos investimentos no Centro de Convenções e na Hotelaria: a Embratur – Empresa Brasileira de Turismo.

Teve várias sedes na capital baiana: salas no Edifício Miguel, no Comércio; um sobrado na Rua Marechal Floriano, no bairro da Gamboa; e um casarão no bairro da Graça. Mudou-se para o Palácio Rio Branco, em agosto de 1986, após a restauração do prédio pela própria Bahiatursa. Hoje, sua sede fica no Centro de Convenções da Bahia, em Armação, para onde se transferiu em 1989,  incorporado Emtur – Empreendimentos Turísticos da Bahia S. A. e Centro de Convenções da Bahia S. A. – Conbahia  no Sistema Estadual de Turismo.

Funcionários e convidados da Bahiatursa na exposição comemorativa dos 45 anos

Funcionários e convidados da Bahiatursa observam detalhes da exposição comemorativa dos 45 anos

VANGUARDA, O ANTES E O DEPOIS -  Na avaliação do presidente do Convention Bureau de Salvador, Pedro Costa, a Bahiatursa não foi só um grande marco na Bahia. “Foi a precursora da sensibilidade do poder público brasileiro para a importância do turismo no país. Ela serviu para uma conscientização política no turismo nacional”, disse. Para ele, as ações desenvolvidas em todos os tempos serviram como parâmetro para que outros estados no Brasil inserissem atividades de turismo como projeto de governo.

Luís Augusto Leão Costa, presidente do Sindicato de Turismo, diz que a empresa vem atuando como “mestre de cerimônias na apresentação da Bahia ao mundo, de forma bastante competente e eficaz, que a tornou conhecida como terra da alegria, da magia e, sobretudo, da felicidade. Nesse quesito, faz muito bem o seu papel”, diz.

“A Bahiatursa foi vanguardista na divulgação do turismo no país e no mundo”, fala o presidente do Conselho Baiano de Turismo – CBTur, Sylvio Pessoa. “Fez escola nos outros estados do Nordeste, bem como com a Embratur, na divulgação de um destino turístico que é o nosso. Foi a ponta de lança para divulgar costumes, cultura, música, bem como suas belezas naturais”, afirma.

“Um marco importante foi a criação de destinos como Lençóis, Porto Seguro e Valença. Onde não tinha o turismo, foram construídos equipamentos para serem trabalhados. Podemos dizer que a Bahiatursa hoje está num Estado profissional. E, além de manter o que foi feito, parte para um ponto que é a profissionalização da mão de obra ofertada”, ressalta o presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens – Abav, José Alves Peixoto Júnior.

Histórias de vida

Para construir esta trajetória de sucesso, a Bahiatursa contou com a força de funcionários que integraram e integram o quadro da instituição ao longo destes 45 anos. Entre os mais antigos está a fotógrafa Rita Barreto, que vem atuando como fotógrafa no Departamento de Comunicação e revelando alguns dos melhores ângulos da Bahia para o mundo. “Nesses 30 anos de Bahiatursa, cresci muito como profissional da fotografia. Hoje, me considero privilegiada, tenho meu nome projetado até no exterior dentro das publicações da Setur e Bahiatursa, graças às experiências que adquiri ao longo desses anos”, revela Rita Barreto,.

A funcionária Ironildes Santos, que ingressou na Bahiatursa em 1977, revela que em 36 anos de atuação na empresa experimentou a alegria de fazer parte de uma equipe coesa. “A intensidade da ocupação do nosso equipamento turístico nos fazia sentir orgulho de pertencer ao quadro de pessoal, uma relação de amor. Penso que a Bahiatursa é o retrato da Bahia, de Caymmi e Juca Chaves. Que a Luz Maior resplandeça pela continuidade de sua existência”, pontua.

“Dos 45 anos de existência da Bahiatursa eu vivi 40 com muito orgulho de pertencer a esta empresa. Toda a minha vida profissional foi dedicada às causas do turismo da Bahia. Aqui cursei faculdade, casei, tive filhos e agora os netos. Trabalhei em muitos setores, muitas horas de agonia, muitas ideias saíram do papel e muitas alegrias marcaram esses anos. Parabéns, Bahiatursa! Que sejas eterna! Vamos ao cinquentenário! E mais, muito mais!”, afirma a funcionária Inez Garrido.

Deixe seu comentário

Última do Twitter

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-000 (ver mapa) | Tel: 55 71 3116-6814/6863