Bahiatursa atende turistas com receptivo na Rodoviária de Salvador

Carnaval 2015 - Receptivo Turistas Rodoviária  Foto Rita Barreto/Bahiatursa

A previsão é que cheguem mais 120 mil turistas até a terça-feira de Carnaval   Foto Rita Barreto/Bahiatursa

A Rodoviária de Salvador registrou cerca de 18 mil pessoas, no sábado (15), procedentes de vários estados e do interior da Bahia, segundo a Sinart , empresa que administra a estação. O Serviço de Atendimento ao Turista (Sat) da Bahiatursa também teve seu serviço reforçado para atender à grande demanda. A previsão é que até 17, último dia de Carnaval, cheguem a Salvador mais 120 mil pessoas pelo terminal.

O diretor de Serviços Turísticos da Bahiatursa, Weslen Moreira, esteve no local inspecionando o trabalho dos guias e monitores, e aproveitou para atender a turista alemã da cidade de Kassel, Chiara Meshe, amarrando no braço dela uma fitinha do Senhor do Bonfim, sob o olhar da baiana tipicamente caraterizada Lúcia Maria dos Santos. Ela estava acompanhada do amigo espanhol Noel Belmonte van Loon. Eles visitam a Bahia pela primeira vez.

O Sat da Rodoviária é um dos três que a Bahiatursa mantém em funcionamento na capital baiana, promovendo a arte do bem-receber.  Os  demais são no Aeroporto Internacional de Salvador e no Pelourinho. Funcionam com quatro monitores e um supervisor que falam francês, inglês, espanhol e português.

No período de festa as baianas tipicamente vestidas fazem parte da equipe. Alguns receptivos especiais contam com mais de quatro baianas e até um minitrio, como o que vai ocorrer segunda e terça-feiras (16 e 17), no Porto de Salvador.

Segundo Weslen, a manutenção do Sat da Rodoviária é importante, pois as últimas pesquisas feitas pela  Diretoria de Serviços Turísticos da Bahiatursa mostram que o terminal apresenta um acréscimo no número de turistas estrangeiros vindo de ônibus, procedentes de outros estados.

“Agora mesmo, em menos de 15 minutos, atendemos turistas alemães, espanhóis e dinamarqueses, mas temos registros da vinda de muitos turistas israelenses que desembarcam em São Paulo e no Rio de Janeiro e chegam de ônibus a Salvador”, acrescentou.

Os dinamarqueses Laerke Larsen e Emil Fuhr Houird disseram que esta é a primeira vez que vêm a Salvador. Estão impressionados com a diversidade da cultura do estado. Passarão o Carnaval em Salvador e depois seguem para a Chapada Diamantina. “Estamos muito felizes em estar na Bahia, que tem um povo muito alegre e hospitaleiro. Adoramos”, disse Laerke.

Acesse todo o conteúdo produzido pela comunicação do Estado durante a festa: www.carnaval.bahia.com.br

Deixe seu comentário

Última do Twitter

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-000 (ver mapa) | Tel: 55 71 3116-6814/6863