Bahiatursa apresenta roteiro digital dos festejos do 2 de Julho

Superintendência criou atalho virtual com o trajeto dos desfiles da manhã
e da tarde e os principais atrativos ligados à Independência da Bahia

Igreja da Lapinha Foto: Divulgação

Igreja da Lapinha   Foto: Divulgação

O trajeto das tropas vitoriosas que se libertaram de Portugal em 2 de julho de 1823, na Bahia, tem agora um roteiro virtual. A Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa) relata os fatos que enobrecem a Bahia com locais, datas e personalidades que participaram da Independência do Estado, e apresenta um mapa digital, por meio do Google My Maps, que mostra o caminho do desfile pela manhã e à tarde, em Salvador, e os principais monumentos e edificações relacionados, ao festejo.

“Temos o dever de deixar viva a memoria de um fato histórico tão importante, por isso, criamos este atalho virtual que servirá de guia para baianos e turistas”, revela Diogo Medrado, superintendente da Bahiatursa. Quem abrir o atalho para o trajeto terá um mapa base do google com as ruas por onde autoridades e a população passaram a comemorar a vitória das tropas brasileiras contra os portugueses depois de 2 de julho de 1823. Clicando nos links laterais ou dentro do próprio mapa, será possível conhecer os atrativos históricos com pequenos descritivos de cada um.

Ali se descobre como surgiram igrejas, bustos e monumentos que estão no caminho, ligados diretamente ou não ao 2 de Julho. Também é apresentado o trajeto dos festejos que acontecem pela manhã e à tarde. Na página inicial, é contado um pouco mais do roteiro do 2 de Julho, desde quando começaram os primeiros rumores da libertação, ainda em 1822, quando o rei de Portugal, D. João VI, substituiu o comandante das tropas de Salvador. O texto segue com a importância das cidades do Recôncavo, que teve Cachoeira como centro das tropas libertadoras.

Na sequencia, fala das tropas comandadas pelo general Labatut e da batalha final que culminou na libertação do Brasil das tropas portuguesas. A entrada em Salvador e o caminho seguido pelos vitoriosos esta na publicação. Pirajá, Lapinha, Aflitos, Soledade e Campo Grande são locais destacados no material, assim como edificações como a Catedral Basílica, Igreja de Santana e Convento da Lapa.

Segue endereço para link: https://www.google.com/maps/d/edit?mid=zvzMAQILdmUE.kyxF1Tg7Px5s&usp=sharing

Deixe seu comentário

Redes Sociais

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-010 (ver mapa) | Tel: +55 71 3116-6814/6863