Bahia sedia II Encontro de Jovens Líderes Ibero-americanos até sábado (22)

Um grupo de 125 jovens universitários da Penísula Iberica e das Américas se reúnem na Bahia para participar do II Encontro de Jovens Líderes Ibero- americanos, que segue até o sábado (22), no Hotel Gran Palladium, em Imbassaí. A abertura do evento, na tarde desta quinta (20), contou com a presença do governador da Bahia, Jaques Wagner.

A importância histórica e artística do Estado foram os principais motivos que levaram a instituição espanhola que promove o encontro há dez anos, a Fundação Carolina, a escolher a Bahia para sediar o encontro que tem como objetivo proporcionar aos jovens profissionais uma troca de experiências e habilidades para traçar novas tendências profissionais.

Nos três dias do evento, os universitários poderão participar de palestras com perspectivas que permeiam o tema central do encontro, “O futuro: inovação e empreendimento”, além de visitarem cartões-postais da Bahia – o Pelourinho, em Salvador, nesta sexta-feira (21), e a Praia do Forte, em Mata de São João, no sábado (22).

Durante o encontro o governador, Jaques Wagner destacou a importância do evento. “Sem inovação não podemos pontuar e eu espero que o ambiente baiano possa ajudar vocês e que esse intercâmbio possa propiciar conhecimento e trocas de experiências”, disse o governador, que também ressaltou a inovação como uma das principais características do Estado. “Ontem inauguramos o Parque Tecnológico da Bahia, construído em um local de Mata Atlântica e é onde se pode encontrar a inovação. Estamos em um momento muito bom e esse evento é de muita importância”, concluiu Wagner.

O diretor da Fundação Carolina, Jesús Andreu, falou da escolha da Bahia para sediar o evento. “Nós conhecemos a história e cultura do Estado e também queríamos uma cidade brasileira. Aqui os estudantes poderão fortalecer os conhecimentos através de diálogos e construir uma outra visão de mundo”, explicou Andreu. O espanhol também se disse encantado com as belezas da capital baiana e ressaltou que não vão deixar de visitar um local considerado por ele muito importante. “A Igreja de São Francisco é o melhor exemplo do barroco português e é lindo de se ver”, destacou Andreu.

Um dos estudantes que visitam a Bahia durante o II Encontro de Jovens Líderes Ibero-americanos, Santiago Luque falou da expectativa de vivenciar esses momentos no Estado “É muito interessante estar neste encontro aqui, porque vamos criar vínculos e fortalecer as relações com o lugar e, quem sabe, sonhar com possíveis projetos que podem ser realizados”, comentou Santiago, que também foi só elogios ao Estado. “Eu me encantei com tudo o que já consegui ver aqui. É a primeira vez que visito a Bahia e o que posso dizer é que ela é maravilhosa. Com certeza eu vou voltar aqui”.

De acordo com o cônsul geral da Espanha em Salvador, Daniel Chamorro, a Bahia aporta uma forte colônia espanhola representada por políticos e também construções que solidificam uma relação importante com a Espanha. Para ele, a realização do evento na Bahia é um grande acerto. “A Espanha tem uma relação histórica com o Brasil e para nós a Bahia é muito complementar para o que queremos por toda sua cultura, arte e por viver bons momentos ligados à tecnologia. É o momento do Estado se mostrar e revelar o seu potencial”, disse Chamorro.

Sobre a visita aos pontos turísticos, Chamorro foi direto e destacou qual é o seu lugar preferido. “Para mim o Pelourinho é muito bonito. Eu, particularmente, acho que ele representa a essência da Bahia.”, concluiu Chamorro.

Para mais informações sobre o evento, basta acessar o link: http://www.redcarolina.net/piv/jovenes-lideres-iberoamericanos-2012.html.

Deixe seu comentário

Redes Sociais


3ª Avenida, Nº 390, 2º andar Plataforma 4 - Ala Norte Centro Administrativo da Bahia - CAB. CEP: 41.745-005 (ver mapa) | Tel: +55 71 3115-6091