Bahia participa de Conferência Internacional de Turismo

O Governo da Bahia, por meio da Secretaria Estadual de Turismo, participa, nesta segunda e terça-feira (28 e 29), em Fortaleza, da Conferência Internacional: Turismo, Indutor do Desenvolvimento da Inclusão Social e da Integração Regional. O principal objetivo do evento é discutir a participação do setor na economia, como agente redutor dos índices de pobreza. Até o final da conferência, serão realizadas palestras de representantes de entidades como a Organização Mundial do Turismo (OMT) e Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Após a abertura do encontro, o secretário de Turismo da Bahia e presidente do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais do Turismo (Fornatur), Domingos Leonelli, destacou a importância do setor para os estados do Nordeste e citou a Bahia, principal receptor de turistas da região. “O turismo é a atividade capaz de responder mais rápido às crises econômicas. Na Bahia, a atividade movimenta R$ 5 bilhões por ano em 52 tipos de segmentos diferentes que vão desde a hotelaria ao artesanato”, disse.

O secretário-geral da OMT, Taleb Rifai, ressaltou a importância do Brasil para o turismo no mundo, por conta dos seus potenciais históricos e naturais. Ele também lembrou que a América do Sul é uma região promissora, que terá o seu atual fluxo anual de 22 milhões de turistas bastante ampliado nos próximos anos.

Em vídeo exibido na abertura do evento, o presidente do BID, Luis Alberto Moreno, afirmou que o Brasil hoje ocupa um lugar de destaque na economia mundial, com avanços sociais, e lembrou que, nos últimos sete anos, a nova classe média ganhou 40 milhões de pessoas que saíram da linha de pobreza. “Dentro deste contexto, o turismo pode ser um grande indutor de desenvolvimento econômico, que pode alçar pequenas e médias empresas. Esta atividade corresponde a 11% do PIB mundial e possui um percentual ainda maior em regiões como a América Latina”.

Em discurso parecido com o dos integrantes da OMT e BID, o ministro do Turismo, Gastão Vieira, citou os números do setor em 2011. Segundo ele, os desembarques domésticos já superam os 70 milhões, e o índice até novembro faz com que o indicador seja maior que o medido no ano passado. Já na área internacional, os desembarques já superam a casa dos 8 milhões. A receita do turismo, de acordo com Gastão Vieira, recebeu o incremento de R$ 100 milhões com relação a 2010 e já ultrapassa a casa dos R$ 6 bilhões.

Deixe seu comentário

Redes Sociais


3ª Avenida, Nº 390, 2º andar Plataforma 4 - Ala Norte Centro Administrativo da Bahia - CAB. CEP: 41.745-005 (ver mapa) | Tel: +55 71 3115-6091