Bahia ganha novos voos a partir de abril

Estado tem mais de mil voos nacionais operados por diversas companhias. Durante a Copa são cinco voos extras vindos da Europa

Para o presidente da Bahiatursa, Fernando Ferrero, o aumento do número de voos demonstra o potencial que a região tem.  Foto: Rita Barreto/Setur

O aumento do número de voos demonstra o potencial que a região tem    Foto: Rita Barreto/Setur

A Agência Nacional de Aviação Civil – Anac aprovou a quarta e quinta frequências semanais dos voos da Azul Linhas Aéreas para o destino Paulo Afonso-Salvador. O município, situado a 480 quilômetros da capital baiana, passa a ter voos regulares também aos domingos e às terças-feiras – com início de operações previsto, respectivamente, para o próximo dia 13 de abril e  6 de maio -, que se somam às frequências já existentes às segundas, quartas e sextas-feiras.

Para o presidente da Bahiatursa, Fernando Ferrero, o aumento do número de voos demonstra o potencial que a região tem. “Não apenas atesta a demanda da localidade, mas o número de turistas que visitam o destino, pois as companhias aéreas só trabalham com pontos de equilíbrio positivos”.

Os novos voos partem de Salvador às 13h22, com previsão de chegada em Paulo Afonso às 14h40, fazendo o percurso de volta com saída às 15h10  e pouso na capital às 16h35. Além dos cinco de Paulo Afonso, na segunda quinzena de abril, o município de Porto Seguro, na Costa do Descobrimento, ganha novos voos da Azul procedentes de Maringá e Curitiba, no Paraná, e Ribeirão Preto, em São Paulo.

Maringá terá um voo aos sábados, com saída prevista para às 13h45. Já Curitiba terá ligação direta com Porto Seguro, com horário de partida para as 13h15, pousando às 15h40, também aos sábados. Todos os sábados partirá de Ribeirão Preto um voo às 12h45 com chegada na terra do descobrimento às 14h45. Já o voo de retorno está previsto para decolar às 17h55, com pouso em Ribeirão às 20h10.

Os novos voos para Porto Seguro perfazem um total de 77 semanais  que se somam aos 57 de Ilhéus, 46 de Vitória da Conquista, 40 de Barreiras, cinco de Paulo Afonso, três de Lençóis e um de Valença, totalizando 1090 somados aos 861 de Salvador, operados por diversas companhias de viagem, números que sofrem pequena variação por temporada. Aeroportos como os de Prado, Juazeiro, Una, Teixeira de Freitas e Feira de Santana não recebem voos regulares.

VOOS INTERNACIONAIS - A Bahia tem hoje 16 frequências semanais para os seguintes países: Argentina(voo charter até 20/4), Alemanha, Espanha, Portugal e Estados Unidos. São seis voos de Lisboa pela TAP, quatro da Air Europa, que ligam Madri à capital baiana, um da Aerolíneas Argentinas (voo charter até 20/4), entre Buenos Aires e Salvador, quatro da American Airlines, que fazem a rota Miami/Salvador/ Miami, e um da Condor, entre Frankfurt e Salvador.

Já existem cinco voos charters assegurados de Portugal, durante o Mundial. E neste mês de abril, Salvador ganha mais três frequências internacionais pela companhia Air Europa, com a rota Madri/Salvador /Santiago do Chile /Salvador/Madri, fazendo da capital baiana, pela primeira vez, um hub internacional entre o Nordeste do Brasil o Chile e a Europa, totalizando sete voos semanais desta companhia.

Fernando Ferrero fala da importância desses novos voos, destacando a movimentação que irão provocar no aeroporto de Salvador, determinando um aumento do fluxo turístico. “A Bahia, através da capital, será o ponto de partida para a América do Sul. E isso é muito mais importante do que a gente pode imaginar. As pessoas do Norte e Nordeste do Brasil não vão precisar mais se deslocar para São Paulo para ir para a Europa”, destaca.

Deixe seu comentário

Redes Sociais

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-010 (ver mapa) | Tel: +55 71 3116-6814/6863