Bahia é o primeiro estado da América Latina a sediar o Salon du Chocolat

Depois do IV Festival Internacional do Chocolate, realizado no último final de semana, na cidade de Ilhéus, a Bahia será sede do maior evento de chocolate do mundo – o Salon Du Chocolat, entre os dias 6 e 8 de julho, no Centro de Convenções da Bahia.

Para a realização da 18ª edição do evento que teve origem na França e já passou por metrópoles como Paris, Nova Iorque, Tóquio, Xangai, Bolonha e Zurique, Salvador foi a cidade escolhida para a estreia do evento na América Latina.

Promovido pela Event International, Amma Chocolate, Instituto Cabruca e Associação dos Produtores de Cacau (APC), com o apoio da Bahiatursa e Secretaria do Turismo, o Salon irá reunir os principais chocolatiers nacionais e internacionais.

Além de shows, desfiles, palestras e demonstrações gastronômicas, a programação inclui ainda o I Fórum Internacional do Cacau e Chocolate, e uma visita técnica a fazendas de cacau em Ilhéus, no sul da Bahia, o que permite ao participante conhecer desde o cultivo do cacau e seleção das amêndoas até o produto final.

 

Serviço:

O que? Salon du Chocolate

Dia/ hora: 06/07 e 07/07 (10h às 22h), e 08/07 (10h às 19h).

Local: Centro de Convenções da Bahia (Salvador).

Valor: Adultos: R$ 20,00 – inteira

Promoção dos Destinos Turísticos

 

Conhecida como a terra do poeta e escritor Jorge Amado, Ilhéus é além de um cenário cinematográfico, com praias belíssimas, e com um grande potencial para o ecoturismo e turismo de aventura, a terra do chocolate.

 

A região oferece hoje os roteiros Caminhos do Cacau I e II, lançados pela Bahiatursa em 2011, como forma de agregar valor à Costa do Cacau. A partir desses roteiros, é possível conhecer a história do fruto, responsável pela produção de 70% do cacau brasileiro, visitando fazendas de cultivo e ficando por dentro de todo o processo de coleta e preparo da semente.

 

Dentro do Salão do Chocolate, a Bahiatursa estará divulgando as belezas da Costa do Cacau, com o intuito de fomentar o turismo da região. “O governo do Estado investiu R$ 48 milhões na nova estrada Itacaré/Camamu (BA-001), com o objetivo de encurtar a distância entre Salvador e os municípios da Costa do Cacau, além de proporcionar crescimento do turismo e o escoamento da produção. Ilhéus também é um dos principais portões de entrada para a Bahia, com aeroporto próprio”, comentou o secretário de Turismo, Domingos Leonelli.

Em até seis dias percorrendo a Rota do Chocolate, o turista também pode fazer visitas a terras indígenas e passeios de “chalana” pelos rios da região.

 

Costa do Cacau:

Cerca de 180 km, entre os municípios de Itacaré e Canavieiras, formam a chamada Costa do Cacau. Reduto de belezas naturais, rios margeados por fazendas de cacau, praias intocadas, de vastos coqueirais, em meio à Mata Atlântica, e densos manguezais.

A região encanta pelas paisagens e pela opulência dos anos áureos do chamado “ouro negro”. A arquitetura preserva o casario colonial dos séculos XVIII e XIX, em ruas calçadas de pedras, igrejas e casarões antigos, reduto de parte importante da História Nacional e que remonta ao período em que a produção e exportação cacaueira eram a atividade primordial da economia brasileira.

Cenário de filmes, novelas e romances – grande parte da obra do escritor Jorge Amado, traduzido em diversos países, é ambientada em Ilhéus, principal cidade da Costa -, a região, além de reduto histórico, é destino certo para quem procura diversão e contato direto com a natureza.

Canavieiras, Ilhéus, Itabuna, Itacaré, Santa Luzia, Una e Uruçuca oferecem opções variadas aos visitantes. A abundância de praias inclui desde picos para a prática de surfe e pontos de pesca – em especial do robalo, em Canavieiras – a águas calmas e verdadeiros paraísos desertos.

Cachoeiras radicais – como a do Cleandro, em Itacaré –, rios e corredeiras são um convite à prática de esportes de adrenalina e aventura, como rafting, rapel e canoagem.

Deixe seu comentário

Redes Sociais


3ª Avenida, Nº 390, 2º andar Plataforma 4 - Ala Norte Centro Administrativo da Bahia - CAB. CEP: 41.745-005 (ver mapa) | Tel: +55 71 3115-6091