Artesãos de Maragojipinho concluem oficina de capacitação

O secretário Domingos Leonelli entregou os certificados de conclusão do curso para um grupo formado por 37 artesãos

O secretário Domingos Leonelli entregou os certificados de conclusão do curso para um grupo de 37 artesãos

O secretário do Turismo, Domingos Leonelli, entregou, nesta sexta-feira (22), os certificados de conclusão do curso de capacitação para um grupo formado por 37 artesãos da localidade de Maragojipinho, no município de Aratuípe (a 230km de Salvador e 53km via ferry). A oficina teve 40 horas de duração e foi ministrada pelo ceramista italiano Lúcio Liguori.

Para o secretário do Turismo, a cerâmica de Maragojipinho é um exemplo de produção associada à atividade. “As técnicas mais sofisticadas, trazidas por Lúcio Liguori, vão agregar mais valor aos já famosos caxixis”, afirmou.

O ceramista, que é especialista na técnica japonesa Raku, disse que os oleiros baianos possuem um “talento singular, com formas e esculturas belíssimas”.  Liguori explica que, durante as 40 horas de aula, eles aprenderam como aplicar esmaltes à argila e vão poder colocar os conhecimentos à disposição de outros artistas.

Tida como um dos principais polos de produção de artesanato em cerâmica do Estado, a localidade de Maragojipinho conta com quase 200 olarias, onde é possível acompanhar o processo de produção e comprar o artesanato direto dos artesãos.

Raku – É uma técnica de cozedura e pós-cozedura de peças cerâmicas, que envolve uma posterior “queima” das peças; saindo do forno incandescente, essas peças são envolvidas em baldes cheios de serradura.  Caso as peças sejam previamente vidradas, ficam com um brilho característico e quase exclusivo do raku. Caso contrário, ficam negras.

Deixe seu comentário

Redes Sociais

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-010 (ver mapa) | Tel: +55 71 3116-6814/6863