A Bahia e o Nordeste querem ampliar a malha aérea Internacional

A Bahia está buscando um maior fluxo turístico da América do Sul. Para que isso ocorra, a Bahiatursa intensifica as ações promocionais e de divulgação em países como Peru, Argentina e Chile, em parceria com a Embratur, através de treinamentos para operadores e agentes de viagem, estimulando novas frequências aéreas e formatando novas viagens de familiarização para jornalistas (presstrips) e operadores (famtours).

Na última quarta-feira, 29/08, o secretário de Turismo da Bahia, Domingos Leonelli esteve reunido na Embaixada do Brasil no Peru, com o embaixador, Carlos Alfredo Lazary e o gerente geral da Tam, José Luiz da Cunha, para discutir o redirecionamento da malha aérea internacional para a Bahia.

“Não temos um voo sequer da América do Sul regular e direto para Salvador, ou qualquer capital do Nordeste. Isso precisa ser revisto pelas companhias aéreas e pelo governo, pois o Nordeste possui conexões diárias e diretas com a Europa e os Estados Unidos e já mostrou sua capacidade receptiva e emissiva”, explicou Leonelli. O secretário lembrou a prioridade de investimentos em promoção e divulgação que a Embratur e a Bahiatursa estão realizando e, em nome do Fórum Estadual de Turismo, do qual preside, também reivindicou voos diretos  para o Nordeste.

O embaixador afirmou seu apoio e concordou em intermediar negociações que beneficiem a Bahia, como por exemplo, reunir representantes da Taca, outra companhia aérea, que já voa para o Brasil, além de convidar jornalistas e investidores para conhecerem o Estado e, assim, promover e ampliar sua divulgação.

O gerente da Tam, anunciou novos rumos que a companhia irá adotar depois da fusão com a Lan, como por exemplo a troca da aeronave que faz destinos como São Paulo, por uma maior, com maior capacidade de assentos.

O secretário então comunicou que os operadores se queixam da falta de lugares e que por isso seria necessário um acordo para a venda destes assentos com operadores baianos, já que ainda não foi possível conquistar uma ligação direta, sem escalas ligando o Peru ao Nordeste.  

Dados da embaixada apontam que os peruanos dobraram o número de suas viagens e já chegam aos 90 mil por ano. A Bahia se mostrou um mercado interessante e atrativo para o Peru, já que eles se interessam pelo turismo Cultural e de Sol e Praia.

Presença da Bahia no Peru

Durante a realização do workshop Brasil Destino Sensacional, no dia 27/08, a sala de aula sobre a Bahia atingiu sua capacidade máxima. “Tivemos a presença de 70 agentes de viagem e durante a rodada de negócios, falamos com 20 operadores dos 30 que participaram da rodada. Mostramos o potencial turístico da Bahia, de destinos como Morro de São Paulo, Salvador, Itacaré, Ilhéus e Chapada Diamantina e eles demonstraram grande interesse com este novo mercado que é a Bahia”, disse Victor Lessa, gerente de relações internacionais da Bahiatursa.

Ainda neste segundo semestre, a Bahia estará presente na maior feira de turismo argentina, FIT, e no evento Copa Goal To Brasil, ambos realizados em Buenos Aires.

Deixe seu comentário

Redes Sociais


3ª Avenida, Nº 390, 2º andar Plataforma 4 - Ala Norte Centro Administrativo da Bahia - CAB. CEP: 41.745-005 (ver mapa) | Tel: +55 71 3115-6091