Festival das baleias movimenta turismo em Prado

Costa das Baleias - Prado Foto - João Ramos/ Setur

Costa das Baleias – Prado Foto – João Ramos/ Setur

Música e consciência ambiental se encontram em Prado, a 785 quilômetros de Salvador, até domingo (7/8), durante o 3º Festival das Baleias. O município, localizado na Costa das Baleias, sedia, pela primeira vez, o evento, que contribui para a promoção e crescimento do turismo nesta zona turística.  O objetivo é aproveitar o potencial turístico da região, destacando o espetáculo promovido pelas baleias jubarte, e chamar a atenção para a importância da preservação do ambiente costeiro e marinho.
Com cerca de 7 mil leitos, a expectativa, de acordo com a Secretaria Municipal de Turismo, Cultura, Esporte Lazer, é que o município receba um público de 30 mil pessoas. Entre visitantes de cidades vizinhas, são esperados turistas do Espírito Santo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Rio de Janeiro, beneficiando toda a cadeia produtiva do turismo da cidade e região. O festival, que tem como tema Lixo Marinho, uma responsabilidade de todos!, conta com apoio da Secretaria de Turismo do Estado (Setur), por meio da Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa).
Segundo o secretário de Turismo, Joklébio Coelho, durante o evento, promovido pelo Instituto Redemar, Prado receberá o título de Capital da Baleia Jubarte. A programação terá shows musicais, com atrações como Jammil, Kart Love e Gian e Cristiano e O Quadro, além de ações ambientais, palestras educativas e apresentações culturais.
Turismo ecológico e cultural – Situada no Extremo Sul da Bahia, entre o mar e as terras cobertas pela Mata Atlântica, a Costa das Baleias abriga tesouro de belezas naturais como o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, considerado o maior berçário reprodutivo da espécie em todo o Atlântico Sul Ocidental.
A Bahia é o Estado que possui o maior número de destinos para a observação das jubarte, sendo 11 no total. Por suas águas quentes e tranquilas, o litoral baiano é escolhido como o local de permanência desses mamíferos que, de julho a novembro, chegam para acasalar, reproduzir e amamentar os filhotes, proporcionando, com suas aparições, um verdadeiro espetáculo da natureza.
Prado fica na fronteira entre a Costa do Descobrimento e a Costa das Baleias, cenário de belezas naturais e reduto histórico e cultural. O Centro Histórico preserva o casario dos séculos XVIII e XIX, com ruas estreitas, calçadas com paralelepípedos e praças arborizadas. Destaque para as centenárias construções da Matriz de Nossa Senhora da Purificação, a antiga Cadeia Pública, a Casa Colonial do Beco das Garrafas e o sobrado da Rua Rui Barbosa.Informações Setur/ Ascom   Repórter: Marilena Neco

Deixe seu comentário

Última do Twitter

Palácio Rio Branco - Praça Thomé de Souza, S/N, Centro. CEP: 40.020-000 (ver mapa) | Tel: 55 71 3116-6814/6863